Póvoa de Varzim irá ainda receber O Bando de Surunyo, Jovens Cantores de Guimarães e ARS Vocalis no âmbito deste encontro musical

Provocal Ensemble abre Encontro de Música Coral

Provocal Ensemble abre Encontro de Música Coral

Pub

 

 

O agrupamento Provocal Ensemble irá abrir a VIII edição do Encontro de Música Coral da Póvoa de Varzim, organizado pela Associação Cultural Capela Marta com o apoio do Município da Póvoa de Varzim. Os 4 concertos desta 8ª edição, que irão decorrer entre 20 de novembro e 4 de dezembro, terão entrada livre até ao limite da lotação das salas onde irão decorrer os espetáculos.

Este primeiro espetáculo da VIII edição do Encontro de Música Coral vai decorrer no dia 20 de novembro, na Igreja de São José de Ribamar, e irá levar ao público as vozes do grupo Provocal Ensemble, sob a direção artística de César Freitas.

O projeto ProVocal Ensemble é um novo agrupamento que surgiu recentemente da enorme vontade de um grupo de pessoas, amantes da música coral e vocal, em continuar a fazer música, face às diversas experiências vividas no Coro de Câmara da Academia de Música de Castelo de Paiva. O nome ProVocal pretende demonstrar que este é um projeto “para” e “a favor” da voz, utilizando-a para fazer música e partilhá-la. Por outro lado, a designação lembra também um jogo de palavras, no sentido em que qualquer projeto musical deseja provocar emoções e sensações ao público ouvinte.

O Bando de Surunyo

O programa prossegue depois com O Bando de Surunyo, no dia 26 de novembro, decorrendo o concerto na Igreja Matriz.

O Bando de Surunyo – ‘bando de estorninhos’ – é um ensemble especializado na interpretação de música dos séculos XVI e XVII, eixo central da abordagem do agrupamento coral ao estudo e interpretação do repertório, que incide particularmente sobre repertório inédito albergado por fontes portuguesas. O projecto abrange música tanto de aquém como de além fronteiras, proporcionando ao público, através da música e da poesia, o contacto com a pluralidade, ecletismo e riqueza do pensamento e imaginário do renascimento e barroco europeus.

Os concertos do Bando são preparados sobre uma rigorosa base de investigação musicológica e no estudo aprofundado do contexto histórico e cultural da música interpretada, tendo em mente que na época sobre a qual o Bando trabalha, o som se colocava então ao serviço do texto, veiculando, ilustrando e potenciando o seu conteúdo poético e afectivo. A transmissão eficaz e eloquente desse conteúdo nas suas múltiplas leituras e funções — literal, teatral, histórica, simbólica, religiosa, política e filosófica — constitui a base para a construção de uma conceção interpretativa que persegue hoje o mesmo objectivo da música de então: divertir e comover o público através da palavra, do gesto e do som.

o ando de surunyo - música coral - séculos XVI e XVII - recriação histórica

Jovens Cantores de Guimarães e ARS Vocalis concluem VIII edição

No dia seguinte, a 27 de novembro, os intérpretes vão ser os Jovens Cantores de Guimarães, na Igreja de São José.

Por fim, a 4 de dezembro, irão atuar os ARS Vocalis, na Igreja Matriz.

Todos os concertos terão início às 21h45.

capela marta - admissão de novos coralistas - póvoa de varzim

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - finanças - europa - prr - joão leão - primeiro pagamento

Imagens: 0) PE, 1) OBS, 2) CM

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Gratos pela sua colaboração.

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.