Isabel Estrada Carvalhais: A Europa e o mundo ‘necessitam acelerar a implementação de políticas com maior impacto nos sistemas alimentares’

‘Direito à alimentação para todos, de forma sustentável e duradoura’

‘Direito à alimentação para todos, de forma sustentável e duradoura’

Pub

 

 

Com o desafio demográfico a pressionar os sistemas alimentares em todo o mundo, Isabel Estrada Carvalhais, a eurodeputada socialista, em intervenção num evento ocorrido esta sexta-feira, 15 de outubro, destinado a assinalar o Dia Mundial da Alimentação – um apelo global das Nações Unidas à Erradicação da Fome, por um mundo em que alimentos nutritivos estejam disponíveis e acessíveis a todos, em qualquer lugar -, reunindo um vasto painel de especialistas mundiais para debater os sistemas alimentares para o futuro, considerou que “necessitamos de políticas bem desenhadas e articuladas, de forma a que o direito básico à segurança alimentar, e o direito humano à alimentação, seja uma realidade para todos, de forma sustentável e duradoura”.

Neste evento organizado pela FAO – Organização para a Alimentação e Agricultura das Nações Unidas, cuja visão da Erradicação da Fome assenta na premissa de que “As nossas ações são o nosso futuro. Melhor produção, melhor nutrição, melhor meio ambiente e uma vida melhor para todos”, Isabel Estrada Carvalhais alertou para “a necessidade de envolver todos os atores, pois todos somos responsáveis, de alguma forma, pelo sucesso final do caminho que escolhemos para combater a fome”.

A eurodeputada entende ainda que a Europa e o mundo “necessitam acelerar a implementação de políticas com maior impacto nos sistemas alimentares” o que passará, por exemplo, por promover a recolha de melhores dados para melhor desenhar e avaliar políticas públicas, insistir na educação para alimentação saudável nas escolas e famílias, bem como reforçar o apoio e assistência técnica aos agricultores para uma transição para práticas agroecológicas.

É preciso “investir na articulação entre políticas públicas e no reforço do compromisso político na defesa de um sistema alimentar justo e inclusivo”, conclui Isabel Carvalhais.

‘Cocktail tóxico’ faz retroceder luta contra a fome no mundo

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - finanças - europa - prr - joão leão - primeiro pagamento

governo - secam - ambiente - praia segura - prr

 

Alimentação e Exercício Físico na Diabetes Mellitus

Dieta vegana no desporto

Imagem: IEC/FAO (edVN)

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Gratos pela sua colaboração.

Pelouros definidos no novo executivo municipal de Santo Tirso

Pub

Categorias: Agricultura, Alimentação

About Author

Related Articles

Write a Comment

Only registered users can comment.