Parceria com a Cleanwatts favorece larga poupança de recursos financeiros e ambientais

ArgaTintas participa na primeira Comunidade Industrial de Energia

ArgaTintas participa na primeira Comunidade Industrial de Energia

Pub

 

 

A ArgaTintas, empresa de Famalicão do setor das tintas e verzizes que tem vindo a afirmar-se sustentadamente no mercado da construção, acaba de criar, em parceria com a Cleanwatts, a primeira Comunidade Industrial de Energia. As duas organizações pretendem assim revolucionar o sector da energia em Portugal, ajudando o planeta a consumir menos recursos, a combater as alterações climáticas e a pobreza energética, a que correspondem ainda a poupança de recursos financeiros.

“A Cleanwatts ajudou-nos a compreender as vantagens de uma solução de Comunidade de Energia face a uma solução tradicional de autoconsumo solar, a qual permite maiores benefícios não só para a empresa, mas também para a comunidade em torno das nossas instalações, que também beneficiará de energia limpa mais barata”, destacou André Vieira de Castro, Presidente da Argatintas e atualmente Presidente da CEPE – Confederação Europeia de Fabricantes de Tintas.

“As comunidades de energia são uma novidade e ainda existe muita desinformação no mercado. Na verdade, depois de percebermos as vantagens da Cleanwatts, decidimos rescindir contrato anterior que tínhamos para uma solução de autoconsumo para podermos beneficiar da criação de uma comunidade de energia. Em breve, estou certo, muitas empresas farão o mesmo”, acrescentou o empresário.

Com mais de 40 anos de atividade, a Argatintas é uma empresa produtora de tintas e vernizes com instalações em Vila Nova de Famalicão e Leiria, com um volume de negócios de 8 milhões de euros e cerca de 50 colaboradores. A produção da Argatintas é vendida tanto no mercado nacional como nos mercados internacionais, tendo por base um compromisso firme em termos de inovação e sustentabilidade, nomeadamente ambiental e social.

A parceria ora estabelecida começará com uma capacidade inicial de 254KWp, permitindo uma redução estimada de custos de energia de mais de 60%, bem como redução de emissões de CO2 no montante de 1.125 toneladas, equivalente à plantação de 4.500 árvores. As duas empresas esperam que os benefícios aumentem com o crescimento da comunidade em número de participantes.

A Cleanwatts tem um modelo de negócio inovador, que permite às empresas e pessoas que queiram investir em energia solar não só mais rendimento, mas também a possibilidade de forncerem à sua comunidade eletricidade limpa mais barata e, como consumidor, também beneficiar de energia limpa mais barata.

Com suporte na ‘nuvem’ da Internet of Things e usando IA e algoritmos inovadores, o Cleanwatts Operating System combina os benefícios da eficiência energética com a gestão de ativos de energia distribuída (solar, baterias, veículos elétricos, equipamentos HVAC, etc.) de forma a maximizar o valor da energia produzida, armazenada e consumida dentro de uma comunidade de energia, permitindo que seus participantes se beneficiem de energia limpa mais barata do que a energia do mercado.

Ecomo apoiamos as comunidades locais, investimos 2% dos proveitos numa causa social da sua comunidade!

Tesla anuncia lançamento de robô humanóide em 2022

A Inteligência Artificial: impacto e ética

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

governo - secam - ambiente - praia segura - prr

Imagem: DR

VILA NOVA Online: conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque considera válido o trabalho realizado.

Apoie a VILA NOVA. Efetue um contributo sob a forma de donativo através de netbanking, multibanco ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91 — BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedro costa@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados fiscais. Na volta do correio, receberá o respetivo recibo.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

*

Acessórios e mobiliário para uma casa elegante

Mercado dos telemóveis dobráveis: tendência em constante crescimento

Pub

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.