Pequenas obras em casa e baixas taxas de juro favorecem resiliência do setor

Setor da Construção deverá crescer 3% em 2021

Setor da Construção deverá crescer 3% em 2021

Pub

 

 

As estimativas do setor da Construção para 2021 reforçam o crescimento do volume de negócios da construção, estimando-se um crescimento de 3%, tendo por base o comportamento positivo esperado nos diferentes segmentos que o constituem, revela a Associação Portuguesa dos Comerciantes de Materiais de Construção (APCMC). Este resultado surge no seguimento dos resultados apresentados em 2020, em que o setor registou um comportamento positivo, com o crescimento do 1,8% do volume de negócios.

No início do ano, as previsões apontavam para um crescimento da Construção de 2,2%, pelo que estes resultados demonstram que este é um dos mercados mais resiliente aos efeitos económicos provocados pela pandemia de COVID-19, uma vez que “nem a construção, nem o comércio de materiais de construção pararam durante o próprio confinamento”, afirma José de Matos, secretário-geral da APCMC.

Falta de mão-de-obra limita crescimento da Construção

As previsões da associação dos comerciantes de Materiais de Construção apontam para um pequeno decréscimo da intensidade de crescimento em 2022, para 2,9%, e um aumento novamente, em 2023, para os 3,1%.

A contribuir para a atividade do setor da Construção estiveram as pequenas obras de requalificação em habitação própria, assim como as baixas taxas de juro baixas, sobretudo no domínio da construção de habitações. “A maior limitação ao crescimento está a ser a falta de mão de obra”. destaca José de Matos, assinalando ainda que “o PRR – de que Portugal já recebeu a primeira tranche – também contribuirá para a sustentabilidade do crescimento da construção nos próximos anos, sobretudo no subsector da engenharia civil”.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - finanças - europa - prr - joão leão - primeiro pagamento

governo - secam - ambiente - praia segura - prr

Imagem: Espaço MUDE

VILA NOVA Online: conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque considera válido o trabalho realizado.

Apoie a VILA NOVA. Efetue um contributo sob a forma de donativo através de netbanking, multibanco ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91 — BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedro costa@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados fiscais. Na volta do correio, receberá o respetivo recibo.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

*

Braga convoca comunidade a partilhar memória fotográfica

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Pub

Categorias: Construção, Economia

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.