Fértil apresenta trabalho artístico com base em ritos sociais em Cavalões e no Louro

“Diálogo#1: Montes de Millho” leva tradição a palcos de Famalicão

“Diálogo#1: Montes de Millho” leva tradição a palcos de Famalicão

Pub

 

 

A associação cultural Fértil levará o espetáculo “Diálogo#1: Montes de Millho” até Famalicão neste fim-de-semana. De acordo com um comunicado da Câmara Municipal famalicense, o espetáculo “explora as experiências e memórias comunitárias” de quatro freguesias do concelho, com recurso a vídeo, teatro e música. A apresentação será exibida nos palcos de duas dessas freguesias: Cavalões e Louro.

Assim, o Salão da Junta de Freguesia de Cavalões receberá o espetáculo no Sábado, às 18h00. Já a exibição de Domingo acontecerá, no mesmo horário, no Salão Paroquial do Louro. Durante o espetáculo, a Fértil irá transmitir os vídeos dos testemunhos de quinze famalicenses, em coordenação com um performance musical do seu co-director artístico, Rui Leitão. Em consonância, a também co-directora Neusa Fangueiro realizará uma interpretação teatral.

Tradição do cultivo do milho no centro da ação

A composição artística de “Diálogo#1: Montes de Millho” baseia-se em relatos sobre a tradição do cultivo do milho e atividades sociais envolventes. Segundo com o Rui Leitão, a intenção foi transformar os depoimentos obtidos  “num objecto artístico”. Para esse efeito, a associação cultural fez uma recolha videográfica nas freguesias de Gondifelos, Cavalões, Outiz e Louro. De acordo com o co-director artístico, o formato em vídeo não foi por acaso. Como o também director artístico acrescenta, “com a pandemia, pensamos em trazer a comunidade para o palco na mesma, mas em vídeo”. O objectivo foi “salvaguardar qualquer tipo de contaminação possível”.

O espetáculo “Diálogo#1: Montes de Millho” está inserido no projecto Há Cultura | Cultura para todos, promovido pelo Município de Vila Nova de Famalicão, é cofinanciado pelo Norte2020, através do Fundo Social Europeu.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.Diálogo#1: Montes de Millho - vila nova online - 1ª página

Diálogo#1: Montes de Millho - vila nova online - escola profissional cior - famalicão

Imagem: DR

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

A VILA NOVA é cidadania e serviço público. Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será. No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91 — BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Obs: envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Obrigado pelo seu apoio e colaboração.

*

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Pub

Categorias: Agenda, Famalicão, Memória, Teatro

About Author

Pedro Maia Martins

Esposendense de nascimento, barcelense de criação e conimbricense por hábito. Licenciado em Jornalismo e Comunicação pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Colaborou no passado com o Jornal Universitário de Coimbra - a Cabra e com a Revista Via Latina - Ad Libitum. Foi o último editor de País e Mundo do referido jornal. Colabora neste no momento com a Vila Nova Online e a Revista Bica.

Write a Comment

Only registered users can comment.