‘Sem guião, e ao sabor da improvisação e dos apetites, apresentou-se uma aposta original e bem conseguida’

Júlio Resende e o Ensemble da Orquestra de Guimarães deixam o mundo mais bonito

Júlio Resende e o Ensemble da Orquestra de Guimarães deixam o mundo mais bonito

Pub

 

 

Pianista e compositor, Júlio Resende tem-se afirmado como um dos mais internacionais músicos portugueses e conta já com sete álbuns editados, num percurso que se inicia no jazz, passa pelo fado e pela palavra, e chega recentemente ao pop rock. Esteve, esta sexta-feira, em Guimarães, onde apresentou um concerto único no âmbito da programação do Quadrilátero Cultural, que, estando previsto realizar-se no CCVF, por força das condições meterológicas, foi alterado e se realizou no CIAJG.

Esta forma de abordar várias formas e estilos musicais através do seu piano, demonstram uma inquietação e uma originalidade que transformam as suas atuações em experiências memoráveis.

«Júlio Resende Fado Jazz Ensemble» foi o mote para este concerto tão especial. Originalmente gravado com piano, contrabaixo e bateria, desta vez foi tocado com uma guitarra portuguesa, no caso em apreço pelas mãos de Bruno Chaveiro, e ainda acompanhado por «convidados especiais» do Ensemble da Orquestra de Guimarães.

O concerto foi divido em 3 partes, que foram subindo gradualmente de interesse, mas também em lirismo, conforme os elementos em palco, ou seja: Resende, ao piano, abriu com «Mariquinhas» e outras improvisações da sua autoria, a que se seguiram Chaveiro e o «deus» da bateria Alexandre Frazão. Por último, apareceram os «convidados». Um palco, cheio de arte, cultura e talento, num sunset desafiado, e devidamente superado e rompendo as fronteiras, tão ao gosto de JÚLIO RESENDE.

Sem guião, e ao sabor da improvisação e dos apetites, tal qual uma JAM, mesclada por fado que até deu para ouvir a voz da diva Amália Rodrigues a acompanhar o piano de Resende no tema «MEDO».

Numa Black Box bem sortida de público, uns conhecedores, outros desafiados, e ainda outros à descoberta do desconhecido, apresentou-se uma aposta original e bem conseguida.

vila nova online - albano mendes - júlio resende - ciagj - guimarães

E o mundo está bonito porque a entrada… foi livre. Boa, Guimarães!

Júlio Resende – piano, direcção artística

Ensemble da Orquestra de Guimarães: Nuno Meira e Filipa Abreu – violinos, Emídio Ribeiro – viola, Carina Albuquerque – violoncelo, Joana Lopes – contrabaixo, Vítor Castro – percussão; e 

Fado Jazz Ensemble: Bruno Chaveiro – guitarra portuguesa e Alexandre Frazão – bateria e instrumentos de percussão.

vila nova online - albano mendes - júlio resende - ciagj - guimarães

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Talento Made in Guimarães | Samuel Martins Coelho

Imagens: AM

**

VILA NOVA: conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque considera válido o trabalho realizado.

Apoie a VILA NOVA. Efetue um contributo sob a forma de donativo através de netbanking, multibanco, mbway ou paypal.
 
NiB: 0065 0922 00017890002 91
 
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91 — BIC/SWIFT: BESZ PT PL
 
MBWay: 919983484
 
Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt
 
Envie-nos os seus dados fiscais. Na volta do correio, receberá o respetivo recibo.
 
Gratos pelo seu apoio e colaboração. 
 
*
 

Pub

Categorias: Cultura, Música

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.