Aniversário especial acontece no mesmo ano em que a congénere portuguesa Mabor agora integrada no grupo multinacional celebra 75 anos de vida

Continental celebra 150 anos na vanguarda da mobilidade

Continental celebra 150 anos na vanguarda da mobilidade

Pub

 

 

No campo, nos portos, no aeródromo: os pneus especiais da Continental Commercial Specialty Tires fornecem tração e movimento numa grande variedade de aplicações. A sua longa história é também um capítulo significativo na história industrial internacional. Capas de chuva, garrafas térmicas, pneus de bicicleta e de carro: Estes foram os principais produtos do portfólio da Continental em 1871, após a fundação da empresa em Hanover. 150 anos depois da sua fundação, por coincidência no mesmo ano em que a portuguesa Mabor, agora integrada no gigantesco grupo mundial, celebra 75 anos, a Continental é um dos maiores fornecedores mundiais de toda a indústria da mobilidade e uma das mais importantes empresas tecnológicas internacionais, cujos diversos produtos mantêm o mundo em movimento. Os pneus especiais para uma vasta gama de aplicações industriais, agrícolas e de mobilidade também contribuem significativamente para este cenário há cerca de cem anos. Em todo o mundo, a agricultura, mineração, transporte e maquinaria pesada rolam sobre pneus que são hoje desenvolvidos e produzidos na unidade de negócios Continental’s Commercial Specialty Tires.

Fim do século XIX: amortecedores de cascos deram aos cavalos uma posição segura na neve e no gelo

No entanto, antes do avanço da industrialização, era cada vez maior a variedade de pneus de especialidade, os cavalos e as carruagens estavam entre os meios de transporte mais importantes do século XIX.  A condução era normalmente um “Giddyup!” rápido do cocheiro ou do trabalhador de campo, em vez de um motor. A Continental produziu assim os chamados “amortecedores de cascos” – borracha especial concebida para evitar que os cavalos escorregassem em superfícies geladas. Quando Karl Benz registou a sua patente para o primeiro automóvel com um motor de combustão interna em 1886, a história tomou o seu rumo: O primeiro pneu pneumático com câmara foi desenvolvido em França, em 1889.

Continental celebra 150 anos na vanguarda da mobilidade

Anos 20 do Século XX: inovações da Continental para a agricultura e a indústria

A Continental tinha identificado a agricultura como um mercado importante desde o início. Mais tarde, nações industriais como a Alemanha eram, na altura, principalmente agrícolas. Em 1917, Henry Ford construiu o primeiro trator nos EUA que é comparável aos modelos atuais. Dez anos mais tarde, os tratores agrícolas deste tipo já se tinham tornado cada vez mais populares na Europa. Os tratores tinham um grande desafio: tinham de ser seguros para conduzir tanto no campo como na estrada. Na altura, isso não era possível com os pneus convencionais. A Continental reagiu e, em 1928, introduziu o T2™ Tractor Tire – o primeiro pneu agrícola pneumático da Europa. Enquanto anteriormente era necessário alternar entre pneus de ferro e pneus elásticos ao passar do campo para a estrada, os modelos de pneus mais recentes podiam ser utilizados em todas as superfícies.

Os pneus que satisfaziam requisitos especiais eram também cada vez mais necessários para o transporte de cargas cada vez mais pesadas. Nos pavilhões e armazéns de produção, nos portos marítimos em crescimento e na mudança de carga individual para o transporte de contentores, as exigências sobre o material – e, portanto, sobre os pneus – aumentaram. Os modelos de pneus anteriores já não eram suficientes muitas vezes. Em 1920, dois anos após o fim da Primeira Guerra Mundial, foi lançado o primeiro pneu elástico de borracha sólida.

Continental celebra 150 anos na vanguarda da indústria da mobilidade

Milagre económico: pneus especiais para manuseamento de materiais, aeroportos e portos

O manuseamento de materiais tornou-se uma área de negócios particularmente importante para a Continental após o fim da Segunda Guerra Mundial. “Havia cada vez mais máquinas e veículos de transporte especiais, e a necessidade de soluções personalizadas de pneus aumentou”, diz Matthias Müller, atual Gestor de Linha de Produtos de Manuseamento de Materiais.

A introdução da palete Euro, normalizada em 1961, levou a um renovado boom no setor. Cinco anos depois, a Continental introduziu o primeiro pneu chamado ContiSuperElastic™ (CSE), que ainda hoje caracteriza o portefólio de produtos.

1955 acabou por ser um ano particularmente importante no período pós-guerra para os pneus de especialidade da Continental. No mundo ocidental, a indústria agrícola estava a experienciar um grande boom: só na Alemanha, tratores foram registados nesse ano quase 100.000, mais do que nunca. A Continental apresentou o AS Farmer™ no mesmo ano. O seu novo desenho da banda de rodagem tinha um âmbito mais alargado, o que se refletiu sobretudo em propriedades de autolimpeza bastante melhoradas. A tração em todos os tipos de solo foi assim aumentada em 20 por cento.

O aeroporto de Nuremberga foi também inaugurado em 1955, sendo o primeiro verdadeiro aeroporto internacional na Alemanha após o fim da Segunda Guerra Mundial. A Continental também reconheceu aqui uma área de negócios significativa: Atualmente, a empresa sediada em Hanover é a única a oferecer um portefólio completo de pneus para a indústria aeroportuária. A empresa de tecnologia produz pneus especiais para todos os veículos que viajam no aeródromo – rebocadores de aviões, camiões-cisterna e veículos de combate a incêndios, transportadores de bagagens e autocarros de passageiros. Um pneu frequentemente utilizado no aeródromo é o pneu radial industrial sólido ContiRV20™, que tem um padrão de banda de rodagem nervurada que causa particularmente pouca vibração.

A indústria portuária tornou-se também um segmento empresarial de importância semelhante para os Continental Commercial Specialty Tires. Aqui, o portefólio cresceu de acordo com a crescente importância do transporte de mercadorias, matérias-primas e cargas transportadas por via marítima. Atualmente, a Continental oferece um portefólio de produtos abrangente com soluções especiais para cada máquina de carga e descarga concebível nos principais portos de contentores do mundo. O modelo ContainerMaster+™, que também é utilizado nos portos para carregadores e transportadores de contentores, entre outras coisas, acabou por se revelar um verdadeiro “all-rounder”.

Continental celebra 150 anos na vanguarda da indústria da mobilidade

Anos 90 do Século XX: internacionalização no segmento dos pneus agrícolas

Graças a desenvolvimentos progressivos, os pneus agrícolas tornaram-se cada vez mais populares. Nos anos 90, a Continental expandiu a sua presença nos mercados estrangeiros, especialmente na Europa e América do Norte, e tornou-se fornecedor de equipamento original para um grande número de fabricantes de veículos agrícolas em todo o mundo. Em 2004, o segmento dos pneus agrícolas foi vendido – como resultado de uma concentração do negócio global. Como resultado, a licença para produzir e comercializar pneus agrícolas sob a marca Continental foi transferida para a CGS/Mitas. O desenvolvimento e a venda de produtos e soluções da divisão Continental’s Automotive continuam inalterados – e a procura de pneus agrícolas Continental por parte dos clientes está a aumentar.

A Continental experienciou também um maior crescimento no setor da manipulação de materiais nos anos 90. Em 1991, o pneu de 1,5 milhões de CSE rolou da linha de produção nas instalações de Korbach, e no ano 2000, tinham sido produzidos 3,5 milhões de pneus CSE. O portefólio do CSE foi anteriormente alargado em 1994/95 para incluir o CSE Robust SC 15™.

150º aniversário: portefólio completamente renovado para uma vasta gama de indústrias

Em 2016, a Continental readquire os seus direitos de marca antes do previsto e regressa ao mercado dos pneus agrícolas em 2017 com os pneus radiais premium Tractor70™ e Tractor85™. No mesmo ano, a empresa abriu a sua nova fábrica de pneus agrícolas em Lousado, Portugal.  Desde então, o portefólio atualizado incluiu também o pneu radial premium TractorMaster™, um modelo robusto e de baixo desgaste apto tanto para o campo como para a estrada graças ao seu elevado nível de conforto.

Uma área particularmente exigente e importante de aplicação de pneus para a Continental é o segmento de mineração e construção. A empresa tem vindo a enfrentar este desafio há muitos anos. No final dos anos 90, a Continental entrou no mercado com o seu primeiro pneu radial Earthmoving EM3™ OTR e tem vindo a expandir continuamente a sua gama de produtos desde então. Os pneus nos locais de construção e nas minas devem ter sempre um ótimo desempenho em condições húmidas, calor abrasador, frio gelado e na areia ou terra, mas também na lama e no cascalho afiado. Um pneu tão especial do portfólio de movimentação de terras da Continental pode ter até 2,20 metros de diâmetro e pesar até uma tonelada.

Continental celebra 150 anos na vanguarda da indústria da mobilidade

Continental equipada para o futuro com soluções digitais

Estas condições extremas exigem elevada durabilidade e desempenho dos pneus especiais e continuarão a ser mais exigentes no futuro. Para manter um olhar constante sobre o estado dos seus pneus, a Continental confia cada vez mais na monitorização digital dos pneus: Para complementar o ContiPressureCheck™ e o ContiConnect Yard™, a empresa desenvolveu ContiConnect™ Live. Com a ajuda desta unidade, os dados recolhidos sobre a pressão e temperatura dos pneus são enviados em tempo real para a nuvem através de uma unidade central de telemática. Além disso, o ContiConnect™ Live utiliza GPS para transmitir a localização do veículo e regista as horas de utilização dos pneus. Os gestores de frotas têm assim uma visão geral mais rápida e conveniente sobre o estado dos veículos, independentemente da sua localização. Ao avaliar a informação, a frota beneficia de tempos de paragem reduzidos, custos de manutenção mais baixos e de um maior tempo de operação, tornando-a apta para o futuro.

Desde os primeiros pneus elásticos de borracha sólida em 1920 ao produtor de pneus especiais para gruas portuárias, máquinas agrícolas, uma grande variedade de equipamentos de construção e máquinas de perfuração de túneis – os pneus especiais da Continental desempenharam um papel fundamental na escrita de importantes capítulos da história industrial internacional ao longo dos últimos 100 anos.

MABOR festeja 75 anos de vida

Continental celebra 150 anos na vanguarda da indústria da mobilidade

Serviços | Rede ContiService da Continental Pneus não para no apoio à mobilidade

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Negócios | Continental Mabor investe mais 100 M euros e cria mais 100 novos empregos em Lousado

Imagens: (0) Continental-Automotive, (1, 4, 5) Continental, (2) Julius Gipkens, (3) Christian A. Schroder

**

VILA NOVA: conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque considera válido o trabalho realizado.

Apoie a VILA NOVA. Efetue um contributo sob a forma de donativo através de netbanking, multibanco ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91 — BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Envie-nos os seus dados fiscais. Na volta do correio, receberá o respetivo recibo.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

*

MOVE-TE deixa famalicenses em forma para o verão até 31 de julho

Pub

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.