Depois de uma primeira reunião com autarcas, ontem, e de uma reunião hoje, com o responsável do PSD pelas autárquicas, amanhã será realizada uma comunicação aos famalicenses

Paulo Cunha oficializa desistência de candidatura à Câmara de Famalicão

Paulo Cunha oficializa desistência de candidatura à Câmara de Famalicão

Pub

 

 

Paulo Cunha, o Presidente da Câmara de Famalicão, reúne, esta segunda-feira, com o secretário-geral do PSD para comunicar que não é candidato às próximas eleições autárquicas. Poderia ainda cumprir mais um mandato, caso fosse eleito – o que se afigura como muito plausível -, mas, ao que tudo indica, prefere regressar à advocacia e à universidade. Mário Passos será o seu mais provável sucessor à frente dos destinos do Município de Famalicão.

Depois de ontem o ainda presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, se ter reunido com autarcas seus apoiantes, o edil famalicense reúne-se nesta segunda-feira com o coordenador autárquico nacional e secretário-geral do PSD, José Silvano, a quem vai comunicar a decisão de não se recandidatar a um terceiro mandato pela coligação PSD-CDS. Para amanhã, está prometida uma comunicação aos famalicenses. Esta intervenção está marcada para as 19 horas,

Regresso à vida profissional e ao ensino

A decisão de Paulo Cunha foi formalmente comunicada aos membros do executivo este domingo, assim como a todos os presidentes de junta deste mandato e aos presidentes de junta do mandato anterior, em reunião decorrida na Casa das Artes, dizendo-lhes que gostaria de regressar à sua vida profissional como advogado e voltar a dar aulas na universidade. “É um processo maturado”, disse Paulo Cunha, agradecendo a colaboração de todos neste oito anos de presidência, cita Margarida Gomes, no Público.

A decisão de não se recandidatar foi tomada após uma longa ponderação. Considerado um excelente autarca pela grande maioria dos famalicenses, que lhe deram duas folgadas vitórias com 58,55% (2013) e 67,67% (2017), respetivamente, o conselheiro nacional social-democrata é também presidente da concelhia do PSD de Famalicão e da distrital de Braga.

A saída de cena surpreende parte da opinião pública mais desprevenida, mais a mais porque o seu nome se encontrava entre os primeiros 77 candidatos autárquicos divulgados pelo PSD que se poderiam recandidatar a menos que expressamente o recusassem. No entanto, “não apanhou os seus pares de surpresa uma vez que já há muito tempo corria o rumor de que não faria mais nenhum mandato”.

Mário Passos deverá suceder a Paulo Cunha

Mário Passos, o vereador com a tutela do Associativismo, Desporto e Freguesias, é o preferido do presidente da Câmara de Famalicão para lhe suceder. Embora tal ainda não seja absolutamente garantido – não está formalmente anunciado e há alguns passos que o partido precisará ainda dar nesse sentido -, deverá, com enorme probabilidade, ser o cabeça de lista da coligação famalicense entre PSD e CDS ‘Mais Ação. Mais Famalicão’ nas eleições de 2021. Afinal, Mário Passos é o quadro político do Partido Social Democrata com melhor ligação às bases locais. Para lá disso, possui trabalho digno de registo nos pelouros sob sua orientação e é o nome mais consensual no plano local.

Vida política continua

Com esta decisão, Paulo Cunha coloca um termo em 12 anos de vida autárquica, oito dos quais como presidente da Câmara e quatro como vereador e vice-presidente no último mandato de Armindo Costa. Mantém-se, no entanto, na liderança da comissão política distrital do PSD, uma das que tem maior peso eleitoral dentro do partido pelos muitos votos que podem ser importantes numa eventual corrida à liderança do PSD no caso de as eleições autárquicas correrem mal ao partido e Rui Rio se demitir.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Crédito Consolidado – uma alternativa às moratórias

Imagem: PC

VILA NOVA: conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque considera válido o trabalho realizado.

Apoie a VILA NOVA. Efetue um contributo sob a forma de donativo através de netbanking, multibanco ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91 — BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Envie-nos os seus dados fiscais. Na volta do correio, receberá o respetivo recibo.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

*

Pub

Categorias: Famalicão, Política

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.