Preservar o património do mais antigo jornal de Portugal continental

Aurora do Lima dá lugar a Espaço de Memória e Hemeroteca em Viana do Castelo

Aurora do Lima dá lugar a Espaço de Memória e Hemeroteca em Viana do Castelo

Pub

 

 

A Câmara Municipal de Viana do Castelo acordou com os proprietários do jornal “Aurora do Lima” um protocolo que visa a proteção do espólio do segundo mais antigo jornal do país, com o objetivo de criar um Espaço de Memória e Hemeroteca Municipal.

Em reunião ordinária de executivo, realizada hoje, foi aprovada uma proposta de «Protocolo de Proteção / Conservação do Património Cultural – Valorizar o Património Cultural – Aquisição da Coleção e do Espólio da “Aurora do Lima” pelo Município».

O documento, apresentado por José Maria Costa, presidente da Câmara Municipal, defende a aquisição da Coleção e do Espólio da “Aurora do Lima”, o segundo jornal mais antigo do país e o mais antigo de Portugal continental – e onde, por exemplo, Camilo Castelo Branco publicou folhetins -, com os objetivos de preservar todo o espólio da coleção do jornal desde 1855 até à atualidade; conservar e valorizar os equipamentos e máquinas do “Aurora do Lima”; constituir a base de uma Hemeroteca Municipal; digitalizar este valioso espólio documental para estar acessível aos cidadãos.

Neste sentido, a Câmara Municipal vai adquirir o espólio com um apoio financeiro de 170 mil euros, num pagamento que será feito em três tranches ao longo do presente ano.

Criar uma Hemeroteca Municipal e um Espaço Memória na sede do jornal na Rua Manuel Espregueira

A autarquia está a negociar ainda a aquisição da sede do jornal, situada na Rua Manuel Espregueira, local onde pretende avançar com a criação de uma Hemeroteca Municipal e de um Espaço Memória. Esta hemeroteca terá como objetivo a constituição de um espaço de consulta de todas as coleções de jornais e revistas de que o Município dispõe e se encontram à guarda da Biblioteca Municipal, ficando este novo serviço na dependência direta da mesma Biblioteca e divisão.

Este protocolo acontece no âmbito da valorização do património cultural do município que a autarquia tem promovido. A Valorização do Património Cultural é um dos objetivos previstos nas Grandes Opções do Plano de Atividades e Orçamento para 2021, pelo que o Município “tem um programa de preservação, conservação, requalificação e valorização do património do concelho que visa apoiar associações e instituições a conservar, proteger e valorizar o património de Viana do Castelo”.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Imagem: M VCT

**

VILA NOVA: conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque considera válido o trabalho realizado.

Apoie a VILA NOVA. Efetue um contributo sob a forma de donativo através de netbanking, multibanco ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91 — BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Envie-nos os seus dados fiscais. Na volta do correio, receberá o respetivo recibo.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

*

Pub

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.