Análises permitem detetar vírus permitindo antecipar eventuais focos de transmissão

INDAQUA analisa presença de COVID-19 nas águas residuais de Santa Maria da Feira

INDAQUA analisa presença de COVID-19 nas águas residuais de Santa Maria da Feira

Pub

 

 

Santa Maria da Feira foi o concelho escolhido pela INDAQUA para lançar um projeto experimental de deteção de SARS-CoV-2 nas águas residuais tratadas na ETAR de Fiães. As notícias são positivas: não é detetada a presença do vírus nas águas do território desde 5 de março.

Procurando contribuir para a compreensão da presença do vírus da COVID-19 no território do Município de Santa Maria da Feira, a INDAQUA-Feira realizou um conjunto de testes na Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Fiães. Entre 16 de fevereiro e 2 de março, foram, infelizmente, encontrados vestígios de SARS-CoV-2. No entanto, as boas notícias surgiram a 5 de amrço, data em que o vírus deixoiu de ser detetado, acompanhando a diminuição dos casos de COVID-19 em Portugal.

Detetar vírus nas águas residuais pode antecipar focos de transmissão

Este foi o primeiro projeto de análise ao SARS-CoV-2 em águas residuais promovido pela INDAQUA. Apesar do seu caráter experimental, a ação pode vir a ser retomada no futuro, neste ou noutros concelhos em que a empresa detém operação.

“Este tipo de iniciativas tem grande importância, já que através das águas residuais é possível detetar potenciais focos de infeção dias antes de estes se manifestarem na população”, explica Ricardo Grazina, Diretor-Geral da INDAQUA Santa Maria da Feira.

“Continuaremos a acompanhar a evolução da pandemia, avaliando a retoma deste tipo de análises. Os resultados poderão contribuir para a prevenção de focos da doença”, acrescenta.

De relembrar que a INDAQUA assegura, desde 2000, a operação da rede de saneamento no concelho de Santa Maria da Feira, promovendo o correto encaminhamento e tratamento das águas residuais antes da
devolução ao meio ambiente.

Recursos | Vila do Conde é o concelho onde se desperdiça menos água

Música | MUMi quer abrir novas oportunidades a músicos do Norte de Portugal e Galiza

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Imagem: IND

**

VILA NOVA: conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque considera válido o trabalho realizado.

Apoie a VILA NOVA. Efetue um contributo sob a forma de donativo através de netbanking, multibanco ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL
MBWay: 919983484

Envie-nos os seus dados fiscais. Na volta do correio, receberá o respetivo recibo.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

*

Aulas de Dança ‘online’? É possível e na maioria dos casos é grátis

Pub

Categorias: Ambiente, Feira

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.