Generalização do uso das tecnologias permite a muitos setores prosseguirem atividade

Aulas de Dança ‘online’? É possível e na maioria dos casos é grátis

Aulas de Dança ‘online’? É possível e na maioria dos casos é grátis

Pub

 

 

Nunca a presença online foi tão importante como agora e, na verdade, para muitos negócios é a única forma de não serem esquecidos pelos seus clientes, já que a maioria dos estabelecimentos físicos se viu obrigado a fechar portas, ainda que temporariamente.

O avanço tecnológico trouxe-nos tantas oportunidades e novas formas de comunicar e trabalhar que para a maioria de nós tornou-se normal comunicar com pessoas nos 4 cantos do mundo, ter acesso a músicas no dia do seu lançamento, ou até trabalhar com equipas remotas que, na verdade, estão do outro lado do mundo.

No entanto, algumas atividades e eventos ainda eram exclusivos dos espaços físicos e pouco ou nada investiram na presença online, algo que tiveram necessariamente de mudar em 2020 para continuarem perto do seu público.

É possível continuar a ter aulas de dança a partir de casa

As escolas de dança foram uma das muitas áreas de negócio que tiveram de se reinventar a oferecer aulas aos seus alunos num formato diferente do qual estavam habituados.

As aulas de dança online foram a alternativa possível que as escolas de dança tiveram para conseguir continuar a oferecer os seus serviços aos seus alunos, tal como acontece com a escola de danças urbanas Groove Spot, em Vila Nova de Famalicão, que passou a oferecer as suas aulas no formato digital.

Claro que as aulas de dança em formato online não oferecem as mesmas vantagens das aulas presenciais, no entanto, esta é a melhor alternativa possível para que alunos e professores consigam continuar a trabalhar e se promova a atividade física que é tão importante nestes dias.

Há exemplos espalhados um pouco por todo o país, onde escolas de dança optaram por divulgar calendários de aulas de dança online, muitas a acontecerem através das redes sociais das escolas em questão.

Existem, no entanto, algumas escolas que optaram por desenvolver pacotes pagos de aulas online que dão acesso aos seus alunos a um determinado número de aulas semanais de acordo com o pacote escolhido por eles.

Também os ginásios acabaram por seguir este exemplo e, não podendo oferecer as máquinas de exercícios aos seus clientes, oferecem treinos possíveis de fazer em casa como os que são realizados com o peso do corpo, ou até algumas aulas em formato online que antes eram realizadas nos seus espaços.

Plataformas de cursos online também ganham popularidade

Plataformas dedicadas a oferecer cursos em vídeo online como a Udemy ou a Domestika, bastante popular no país vizinho, têm ganho popularidade com novos cursos a serem oferecidos mensalmente entre mais de 130 mil opções no caso da plataforma Udemy.

Desde cursos de programação, passando pelo Marketing, ou até artes manuais como crochet, praticamente tudo pode ser aprendido nestas plataformas e, inclusive muitas das ofertas são gratuitas.

Estas plataformas são boas alternativas para quem deseja desenvolver novas competências profissionais, para quem deseja estar a par das novidades na sua área de trabalho, ou até para aprender de forma fácil uma arte manual que o entretenha nos tempos livres e, quem sabe, até o ajude a desenvolver artigos interessantes que pode vender posteriormente.

Pagamentos contactless impulsionados pelo aumento da procura online

Outro fenómeno interessante é que a mudança de consumo e o aumento da procura por serviços e produtos online fez com que aumentasse também a procura por soluções de pagamento sem contacto, com a SIBS (sociedade interbancária de serviços) a registar um crescimento superior a 20% da utilização do método de pagamento por MB Way no ano de 2020.

O MB Way necessita ser ativado pelo multibanco, mas depois de descarregar a aplicação para o seu smartphone ou tablet pode pagar ou receber dinheiro facilmente através de um SMS. Em Portugal, outra forma de pagamento que tem crescido bastante são os pagamentos contactless que permitem realizar transações sem código com um montante máximo de 50,00€, em geral, ainda que este valor possa ser diferente de entidade para entidade emissora dos meiso de pagamento..

Estas formas de pagamento digitais têm visto a sua popularidade aumentar pelo aumento do consumo online é certo, mas também por se revelarem formas bastante seguras de transacionar dinheiro, algo que é cada vez mais valorizado.

As carteiras eletrónicas utilizadas para pagamentos online como a Neteller ou Skrill, por exemplo, possuem os dados do consumidor encriptados e são bastante populares especialmente nas plataformas de jogo online, como por exemplo as slots a dinheiro real ou apostas desportivas onde o volume de transações é elevado.

Estas formas de pagamento digitais vão provavelmente continuar a ver a sua popularidade a crescer, principalmente porque a maioria dos negócios passou a necessitar de oferecer os seus produtos e serviços em formato digital.

Claro que podem continuar a oferecer aulas gratuitas, mas para prosseguirem a sua atividade, mais tarde ou mais cedo, terão de monetizar os seus serviços e os pagamentos eletrónicos serão, sem dúvida, a melhor solução.

Quem vai mudar a forma como se nasce em Portugal?

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Bem-estar | Corpo fit: como obtê-lo em 2021

Imagem: ArtTower/Pixabay

**

VILA NOVA: conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque considera válido o trabalho realizado.

Apoie a VILA NOVA. Efetue um contributo sob a forma de donativo através de netbanking, multibanco ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL
MBWay: 919983484

Envie-nos os seus dados fiscais. Na volta do correio, receberá o respetivo recibo.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

*

Pub

Categorias: LifeStyle

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.