Município vimaranense distinguido pelo trabalho desenvolvido em prol da economia do território e da juventude

Território | Guimarães é ‘Autarquia do Ano’

Território | Guimarães é ‘Autarquia do Ano’

Pub

 

 

A Câmara Municipal de Guimarães foi reconhecida com o Prémio Autarquia do Ano, pela Lisbon Awards Group, com o apoio do ECO, com a eleição do projeto “Guimarães Marca” na categoria de Economia e os projetos “Eco Parlamento” e “Orçamento Participativo nas Escolas” na categoria Democracia, Igualdade e Participação Cívica.

O Prémio Autarquia do Ano, que visa destacar o que de melhor se faz nas freguesias e câmaras municipais do País, decorreu este ano pela segunda vez. Nesta edição houve um total de 50 autarquias inscritas, contra as 31 da 1ª edição.

‘Guimarães Marca’ busca economia mais resiliente

O projeto “Guimarães Marca” recorre a uma estratégia de promoção territorial, afirmando-se e promovendo os vetores económicos e culturais da cidade de Guimarães, nos planos nacional e internacional. Para o efeito, socorre-se da comunidade económica vibrante e competitiva  em que se insere, aliada ao desenvolvimento de uma identidade ímpar, o próprio selo “Guimarães Marca”. Neste sentido, o “Guimarães Marca” tem desenvolvido ações e estratégias inovadoras e orientadas para o desenvolvimento de um território complexo e singulari, como é o vimaranense, atuando num processo continuado entre os atributos da região e o reconhecimento das necessidades e interesses dos seus stakeholders económicos, contribuindo assim para um aumento da competitividade da região.

Eco Parlamento e Orçamento Participativo nas Escolas procuram atrair e empoderar os mais jovens

O “Orçamento Participativo Escolas” possui um Regulamento, Normas e Calendário próprios, ajustado ao calendário do ano letivo. Aí se plasmam os procedimentos a adotar por cada agrupamento de escolas ou escola secundária no momento da sua participação, tendo sempre como normativo superior a Carta de Princípios e o Regulamento Geral do OP aprovados pela Câmara Municipal vimaranense. Da verba global do OP de Guimarães, é alocado um valor anual para acolher propostas apresentadas pelos alunos das escolas na resolução dos problemas que identificam num conjunto de áreas temáticas pré-definidas, a saber: Sustentabilidade Ambiental; Voluntariado e Solidariedade e, mais recentemente a Eco Inovação e Empreendedorismo e fazer ligação com o projeto de Educação Ambiental PEGADAS e da sua ação âncora, ECO Parlamento.

A iniciativa “Eco Parlamento“, por sua vez, organizada pelo Município de Guimarães e pelo Laboratório da Paisagem, é uma das ações-âncora do programa ambiental ‘PEGADAS – Programa Ecológico de Guimarães para a Aprendizagem do Desenvolvimento Ambiental Sustentável‘ que, com base em princípios de Democracia Participativa Jovem, e no seguimento de outros projetos de idêntico teor já realizados no município vimaranense, tem vindo a atrair para o debate municipal jovens do ensino básico e secundário em torno do desenvolvimento sustentável aplicado a Guimarães. Este projeto foi idealizado para todos os ciclos de ensino com exceção do pré-escolar com vista à promoção do empoderamento dos jovens nas propostas de soluções ambientais.

Premiados mais de 30 projetos

Ao todo foram premiados mais de 30 projetos, num total de 10 categorias e mais de 25 subcategorias. O grande destaque da edição 2021 vai para a Câmara Municipal de Mação, que arrecadou o Grande Prémio com o projeto “Mação, um concelho amigo do idoso”, e para a Câmara Municipal de Boticas, que venceu o Grande Prémio Originalidade com o projeto “Recordar é viver”, ambos na categoria Apoio Social e subcategoria Qualidade de Vida na Terceira Idade.

A Câmara Municipal da Trofa foi também premiada com o trabalho efetuado em prol da divulgação seu Património Cultural, nomeadamente na área da Arte Popular, com A Arte Sacra dos Santeiros de S. Mamede do Coronado.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Imagem: M GMR

**

VILA NOVA: conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque considera válido o trabalho realizado.

Apoie a VILA NOVA. Efetue um contributo sob a forma de donativo através de netbanking, multibanco ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL
MBWay: 919983484

Envie-nos os seus dados fiscais. Na volta do correio, receberá o respetivo recibo.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

*

Pub

Categorias: Economia, Guimarães, Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.