Combater isolamento social e promover envolvimento comunitário das famílias migrantes, refugiadas e requerentes de asilo

Voluntariado | MEERU Abrir Caminho procura voluntários em Braga, Gondomar e S. João da Madeira

Voluntariado | MEERU Abrir Caminho procura voluntários em Braga, Gondomar e S. João da Madeira

Pub

 

 

A MEERU | Abrir Caminho está a recrutar voluntários para o Projeto MEERU Aproxima nas cidades de Braga, Gondomar e São João da Madeira até ao dia 7 de abril. Este projeto existe para combater o isolamento social e promover o envolvimento comunitário das famílias migrantes, refugiadas e requerentes de asilo acolhidas em comunidades locais portuguesas. Os voluntários que irão integrar as Equipas de Proximidade destas cidades devem estar disponíveis entre os meses de maio de 2021 a janeiro de 2022, dedicando cerca de 3 horas semanais ao projeto.

Candidatos residentes na área de intervenção

Os candidatos devem viver na zona ou arredores de Braga, Gondomar ou São João da Madeira e estar disponíveis para participar no programa de capacitação que decorrerá nos dias 24, 25 de abril e 1 de maio de 2021. Após uma pré-seleção, os candidatos terão oportunidade de participar num warm-up online (21 de abril de 2021) e, posteriormente no Programa de Capacitação de presença obrigatória (24, 25 de abril e 1 de maio de 2021). No final, será feita a seleção final de voluntários e serão formadas as Equipas de Proximidade.

Na quarta-feira, dia 31 de março, um grupo de seis voluntários do MEERU Aproxima vão dar o seu testemunho num Live no Instagram @meeru.abrircaminho, que ficará depois disponível, pelas 21h00. Neste momento de partilha, existirá também a oportunidade de esclarecer dúvidas aos candidatos.

Parcerias com outras instituições locais

Este projeto está a ser implementado em Braga, em parceria com o CLIB – Colégio Luso-Internacional de Braga, em Gondomar, em parceria com a ARRIMO – Organização Cooperativa para Desenvolvimento Social e Comunitário, e em São João da Madeira, em parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa.

Combater o isolamento social

O projeto MEERU Aproxima encontra-se atualmente presente no Porto, em Braga, Viana do Castelo e Vila Nova de Gaia. Nessas cidades, 26 voluntários acompanham seis famílias do Iraque, Síria, Bangladesh e Índia. O projeto almeja conseguir um impacto social positivo junto de famílias que se pretendem autónomas, incluídas e ativas, mediante a orientação e apoio de voluntários locais também eles comprometidos e mobilizados com o diálogo intercultural. Neste sentido, procura-se igualmente favorecer a sensibilização das comunidades no acolhimento autónomo de novas gentes, culturas e religiões.

Nascido a partir da experiência de acolhimento em Portugal e na Grécia de pessoas em situação de vulnerabilidade, o MEERU Aproxima capacita e orienta os voluntários envolvidos nesta ação de inclusão, tornando-os construtores de genuínos laços de afeto, pertença e confiança.

Tendo a MEERU o objetivo de construir e desenvolver comunidades que combatem o isolamento social destas famílias e potenciar a própria transformação comunitária através do seu acolhimento, os voluntários constituem equipas de proximidade que acompanham as famílias com visitas semanais. A partir delas, os voluntários são responsáveis pela sua orientação cultural, por encontros de lazer e convívio e pela promoção do envolvimento e sensibilização comunitária.

Formulário de inscrição para a pré-seleção dos voluntários MEERU Aproxima.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Imagem: DR

**

VILA NOVA: conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque considera válido o trabalho realizado.

Apoie a VILA NOVA. Efetue um contributo sob a forma de donativo através de netbanking, multibanco ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL
MBWay: 919983484

Envie-nos os seus dados fiscais. Na volta do correio, receberá o respetivo recibo.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

*

Pub

Categorias: Mais recentes

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.