Bombeiros, GDRC de Gemeses e Esposende Solidário foram as entidades contempladas

Esposende distribui apoios financeiros por associações

Esposende distribui apoios financeiros por associações

Pub

 

 

O Município de Esposende aprovou, por unanimidade, na sessão do Executivo Municipal realizada esta quinta-feira, a concessão de apoios financeiros que ultrapassam os 64 mil euros. Se a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Esposende e a Benemérita Associação dos Bombeiros Voluntários de Fão receberão, cada uma, o montante de 17 500 euros, para completar a sua missão de apoio a famílias carenciadas, a Associação Esposende Solidário receberá 25 mil euros e o Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses a comparticipação de mais de 4 mil euros para reparar uma viatura.

Bombeiros com apoios em diversas frentes

No caso do apoio às corporações de bombeiros, está em causa o apoio à missão dos soldados da paz no plano da Proteção Civil e o serviço que prestam ao nível da prevenção, proteção e socorro e reposição da normalidade da vida das pessoas em áreas afetadas por acidentes e catástrofes.

Com periodicidade anual, esta verba atribuída pelo Município de Esposende, insere-se nos diversos apoios municipais concedidos às duas corporações concelhias. Dentro da sua disponibilidade financeira, a Câmara Municipal de Esposende tem comparticipado financeiramente a aquisição de viaturas e de outros equipamentos e a requalificação das instalações dos bombeiros, para além de atender a outras solicitações pontuais.

Dentro dos apoios que o Município de Esposende concede às duas corporações de bombeiros do concelho, inscrevem-se, ainda, os encargos financeiros relativos aos seguros de acidentes de trabalho, da frota automóvel, de responsabilidade civil, de transporte de doentes e de embarcações das Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários do concelho.

O Município de Esposende comparticipa, ainda, anualmente, com 70 mil euros (35 mil euros a cada corporação) para o funcionamento das duas Equipas de Intervenção Permanente (EIP) no concelho. As EIP são equipas profissionalizadas compostas por cinco elementos e visam assegurar, em permanência e em prontidão, as missões de proteção civil e de socorro às populações, designadamente no combate a incêndios, socorro às populações em caso de incêndios, inundações, desabamentos, abalroamentos e em todos os acidentes ou catástrofes, bem como o socorro a náufragos. As EIP atuam, ainda, na minimização de riscos em situações de previsão da ocorrência de acidente grave e colaboração em demais atividades de proteção civil, no âmbito do exercício das funções específicas que são cometidas aos corpos de bombeiros.

Refira-se, por último, que o Município de Esposende tem também estabelecidos protocolos de cooperação com os Bombeiros de Esposende e de Fão, respetivamente para as áreas da formação e para a recolha e transporte de animais errantes feridos, que implicam a respetiva comparticipação financeira.

Desporto e Solidariedade também foram contemplados

Para lá dos apoios à Proteção Civil, o Executivo Municipal aprovou ainda a atribuição de um apoio financeiro de 4.288 euros, ao Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses, para fazer face aos custos associados com a reparação de uma viatura usada para transportar os atletas de formação, quer para treinos, quer para competições.

Por último, na reunião camarária foi ainda aprovada a atribuição de um apoio financeiro de 25 mil euros à Esposende Solidário – Associação Concelhia para o Desenvolvimento Integrado. Esta verba destina-se à prossecução do serviço que presta à população deste concelho, nomeadamente a expressa necessidade manifestada e que obriga à aquisição de bens e concretização de pequenas intervenções no edificado.


1ªPágina. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Imagem: (0) BVE

**

*
VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

A Vila Nova é cidadania e serviço público. Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial) ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91 – BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Obs: envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros. Obrigado pelo seu apoio e colaboração.

*

Pub

Categorias: Esposende, Local, Minho, Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.