Quebra do número de nasciturnos persiste em Portugal – em 2020 nasceram 85.456 bebés

Demografia | Todos os distritos com menos nascimentos nos dois primeiros meses deste ano

Demografia | Todos os distritos com menos nascimentos nos dois primeiros meses deste ano

Pub

 

 

Todos os distritos do país registaram nos dois primeiros meses deste ano menos nascimentos, num total de 11.248, menos 2.694 face a igual período do ano passado, revelam dados baseados no Teste do Pezinho hoje divulgados pelo INSA.

Em janeiro foram estudados no âmbito do âmbito Programa Nacional de Rastreio Neonatal (PNRN), 5.646 bebés, menos 2.397 comparativamente ao mês homólogo de 2020, e em fevereiro 5.602, menos 297 do que no ano passado.

Bragança só registou 71 nascimentos em 2020

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), coordenador do Programa Nacional de Rastreio Neonatal (PNRN), através da sua Unidade de Rastreio Neonatal, Metabolismo e Genética, do Departamento de Genética Humana, todos os distritos do país observaram uma quebra no número de nascimentos.

O distrito de Lisboa foi o que rastreou mais recém-nascidos em janeiro e fevereiro deste ano, totalizando 3.345, menos 713 comparativamente ao período homólogo de 2020, seguido do distrito do Porto, com 2.086, menos 453 face ao ano anterior.

No mesmo período, Braga registou 812 nascimentos, menos 280, e Setúbal 798, menos 255 do que em 2020, adiantam os dados do “teste do pezinho”, um exame realizado a partir do terceiro dia de vida, através da recolha de gotículas de sangue no pé da criança.

Os distritos que registaram menos nascimentos foram Bragança, com 71 recém-nascidos rastreados, menos 40 e Portalegre, com 81, menos 15 do que nos dois primeiros meses de 2020.

No ano passado foram estudados 85.456 recém-nascidos, menos 1.908 bebés do que em 2019 (87.364), no âmbito Programa Nacional de Rastreio Neonatal, que cobre a quase totalidade dos nascimentos em Portugal.

Comparando com 2015, ano em que foram rastreados 85.056 bebés, o número mais baixo dos últimos cinco anos verificou-se em 2020 uma quebra de 0,48%, o que representa menos 400 nascimentos [do que em 2019].

Entre 2015 e 2020, o ano de 2019 foi aquele que registou o valor mais alto com 87.364 recém-nascidos estudados.

PNRN abrange 26 doenças e a quase totalidade das crianças

O Programa Nacional de Rastreio Neonatal arrancou em 1979 com o objetivo de diagnosticar crianças que sofrem de doenças genéticas que podem beneficiar de tratamento precoce, evitando a ocorrência de atraso mental, doença grave irreversível e até mesmo a morte.

O programa abrange atualmente 26 doenças, 25 das quais de origem genética.

O “teste do pezinho” deve ser realizado entre o terceiro e o sexto dia do bebé e consiste na recolha de gotículas de sangue através de uma picada no pé do bebé.

Apesar de não ser obrigatório, o Programa Nacional de Rastreio Neonatal tem atualmente uma taxa de cobertura de 99,5%, sendo o tempo médio de início do tratamento de 9,9 dias.

1ªPágina. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Img: Solen Feyssa/Unsplash

**

*
VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

A Vila Nova é cidadania e serviço público. Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial) ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL
MBWay: 919983484

*

Obs: envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros. Obrigado pelo seu apoio e colaboração.

*

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.