Motivo: ‘estudo de opinião’ revelou Mário Constantino como o candidato favorito dos simpatizantes social-democratas no concelho

Autárquicas | Líder do PSD-Barcelos demite-se após Concelhia chumbar a sua candidatura à Câmara

Autárquicas | Líder do PSD-Barcelos demite-se após Concelhia chumbar a sua candidatura à Câmara

Pub

 

 

O presidente da Concelhia de Barcelos do PSD, Bruno Torres, demitiu-se um dia depois de aquela estrutura ter chumbado a sua candidatura à Câmara nas próximas eleições autárquicas, disse hoje fonte do partido à Lusa.

Segundo Mariana Carvalho, vice-presidente da Comissão Política Concelhia, o pedido de demissão, com efeitos imediatos, foi apresentado na segunda-feira, via email.

No domingo à noite, a Concelhia tinha chumbado uma proposta, apresentada pelo próprio, sugerindo o nome de Bruno Torres como candidato.

A proposta foi chumbada por um voto de diferença.

Bruno Torres tinha sido eleito em 18 de julho de 2020.

A escolha do candidato do PSD à Câmara de Barcelos foi alvo de um “estudo de opinião”, que colocou Mário Constantino como o favorito, seguido, por esta ordem, de Bruno Torres, Francisco Dias e Domingos Araújo.

De acordo com Mariana Carvalho, o estudo “tem muita informação, que o partido deve analisar com atenção e responsabilidade”, antes de decidir sobre o candidato.

“Acho que a votação de domingo foi extemporânea, não me parecia correto tomar uma decisão antes de estarmos na posse de toda a informação que consta no estudo”, sublinhou.

Adiantou que a Concelhia vai cumprir o seu mandato até ao fim e que “a muito curto prazo” será escolhido o candidato à Câmara.

A Lusa tentou ouvir Bruno Torres, mas ainda não foi possível.

O PSD deteve a Câmara de Barcelos até 2009, ano em que o PS subiu ao poder, pela mão de Miguel Costa Gomes.

Em 2017, a coligação PSD/CDS, com Mário Constantino como cabeça-de-lista, elegeu quatro vereadores, e o movimento independente Barcelos – Terra de Futuro (BTF) dois.

As eleições foram ganhas pelo PS, que elegeu cinco elementos.

Autárquicas | Quem quer ser Presidente da Câmara de Barcelos?

Comunicado de Bruno Torres

Como é público, apresentei, no dia de ontem, a minha demissão de Presidente do PSD Barcelos.

Gostaria de agradecer a todos aqueles que me apoiaram ao longo deste mandato. Por todo o concelho fui recebendo, constantemente, palavras de incentivo e resistência, facto pelo qual estou eternamente grato.

Apresentei um projeto de renovação para o PSD que colheu a melhor aceitação dos militantes. Imbuído desse espírito reformista, empenhei-me na abertura do partido à sociedade, às novas gerações e a todos aqueles que querem um novo destino para Barcelos.

Propus-me a trazer para Barcelos um projeto de mudança, rompendo com interesses instalados, promovendo um novo ciclo com oportunidades para todos.

Propus-me a trazer uma mudança para Barcelos. Mas não uma mudança qualquer, em que apenas se alteram figuras ou partidos. Propunha uma mudança que elevasse a ação política, mobilizasse todos. Um projeto focado unicamente nas questões que, verdadeiramente, preocupam e afetam os barcelenses.

Estou na política sem amarras. Tenho a profunda convicção de que o poder de nada serve se não tiver como único propósito o serviço público.

Encaro a atividade política como uma causa, pautando toda a minha ação por princípios e valores dos quais não abdico.

Peço desculpa a todos aqueles que ficam desiludidos por não ter atingido o objetivo a que me propus, mas de algo podem ter a certeza: saio como entrei, de cabeça erguida por nunca ter cedido nos princípios e valores em que acredito. Não quero, e de nada serve para Barcelos, o poder pelo poder.

Saio sem mágoas ou ódios. Continuarei a ser o mesmo, sempre com uma postura positiva, construtiva e agregadora.

Regresso à minha base, continuando a dedicar-me com a máxima entrega à minha comunidade que me acarinha todos os dias. É um privilégio trabalhar pela minha terra.

Em VILA NOVA Online, a melhor Informação e Opinião.

Clique aqui e saiba as últimas que temos para lhe dar sobre o Minho e mais alguns concelhos do Douro Litoral: as gentes e as cidades de Barcelos, Braga, Famalicão, Esposende, Guimarães, Póvoa de Varzim, Santo Tirso, Trofa, Viana do Castelo. E mais, muito mais: política, economia, ambiente, ensino, trabalho, cultura, desporto em geral. Visite-nos.

Imagem: BT

**

*
VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

A Vila Nova é cidadania e serviço público. Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial) ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL
MBWay: 919983484

*

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros. Obrigado pelo seu apoio e colaboração.

*

Pub

Categorias: Barcelos, Local, Política

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.