Aumentar os níveis de conforto, acessibilidade e qualidade de vida dos poveiros criando melhores condições para a fixação de novos residentes

Urbanismo | Bairro da Matriz prossegue requalificação do núcleo urbano da Póvoa de Varzim

Urbanismo | Bairro da Matriz prossegue requalificação do núcleo urbano da Póvoa de Varzim

Pub

 

 

No Bairro da Matriz da Póvoa de Varzim deu-se início a um conjunto de obras cuja empreitada foi pensada tendo em conta a continuidade dos acessos existentes e que dará origem à criação de um novo núcleo urbano nesta zona da cidade.

Esta intervenção, no prolongamento da Rua da Moita, tem o valor de 142 mil euros e a duração prevista de 3 meses. No final, irá permitir escoar melhor o tráfego rodoviário e criar melhores condições de circulação graças à abertura de uma ligação mais próxima da Via General Humberto Delgado ao Cemitério e ao aumento da capacidade de aparcamento automóvel, através da criação de novas zonas de estacionamento ao longo da via e num parque gratuito.

Paralelamente, o prolongamento da Rua da Moita para nascente da Rua de S. Pedro vai permitir o surgimento de uma praceta a norte da Igreja Matriz, abrindo frente para a reabilitação de um edifício existente na cabeceira da Igreja. Este espaço será reconvertido nas Casas Mortuárias, tratando-se de uma obra de requalificação a realizar brevemente pela  Paróquia da Matriz, com o apoio do Município da Póvoa de Varzim no valor de mais 250 mil euros.

Com a abertura desta praceta, o antigo edifício ganhará uma nova vida e um enquadramento que nunca teve, passando a ser protagonista desta nova zona e uma futura zona de referência da cidade.

Cidade viva e em movimento

Ao todo, durante este mandato, a Câmara Municipal da Póvoa de Varzimjá investiu mais de dois milhões de euros no Bairro da Matriz (2.423.851 €), valorizando o património local ao melhorar e requalificar uma área total superiro a 14 mil m2.

Este investimento decorre da preocupação em transformar a Póvoa de Varzim num território sem barreiros, a ser usado pelas pessoas através da pedonalização dos centros urbanos e da revitalização de centros históricos. “O objetivo principal é aumentar os níveis de conforto, acessibilidade e qualidade de vida dos poveiros e, também, criar condições para atrair e fixar mais residentes no nosso concelho”, referiu Aires Pereira, o presidente da autarquia.

 

Imagens: M PVZ

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial) ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

*

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.