Rede Municipal de Trilhos da Natureza estrutura oferta de produto turístico em articulação com ativos culturais e naturais

Natureza | Famalicão vai contar com rede municipal de trilhos

Natureza | Famalicão vai contar com rede municipal de trilhos

Pub

 

 

Famalicão vai dispor de uma Rede Municipal de Trilhos da Natureza com a extensão de 62,3 quilómetros que contará com quatro percursos pedestres ao longo dos rios Ave, Este e Guisande. Desta forma, a autarquia local pretende dar a conhecer o património natural e histórico-cultural do território.

O projeto foi aprovado recentemente no âmbito da operação do Provere Minho Inovação, do Programa Operacional Norte 2020, que cofinancia o investimento na ordem dos 85 por cento, isto é, 88.475,48 euros do total de 104.088,80 euros que irão ser gastos neste produto turístico associado ao desporto e bem-estar.

Traçados dispersos pelo Concelho

Numa primeira fase, será feita a limpeza, arranjo e recuperação dos percursos, seguindo-se a sua sinalização, homologação e aplicação móvel.

A nova Rede Municipal de Trilhos terá quatro novos percursos pedestres partindo de traçados já previamente desenhados ao longo de gerações. É o caso de Portas da Vila, um percurso circular com 17,5 km que se desenvolve em torno de Vila Nova de Famalicão. Percorre o núcleo urbano, ligando-o ao Penedo da Moura, ao Monte de Santa Catarina e à Ciclovia.

O percurso de Nine – Arnoso é também um percurso circular com 14 quilómetros que se desenvolve nos vales dos rios Este e Guisande, entre estas duas localidades.

O Caminhos do Ave é outro percurso circular com 15,8 km que acompanha o rio Ave desde o Parque de Lazer Calça Ferros, em Pedome, onde se organizam concertos e festivais de música e se realizam convívios familiares, ao mercado e ponte sobre o rio. No regresso, o trajeto percorre as localidades de Oliveira São Mateus, Oliveira Santa Maria, subindo à Capela de Santa Tecla e regressando ao ponto de partida pela freguesia de Pedome.

Referência ainda para o percurso de Gondifelos, também circular com 15km que se desenvolve entre as localidades de Gondifelos, Gemunde e o Castro de Penices, sendo que aproximadamente um terço do percurso decorre em traçado comum com a via ciclo-pedonal Póvoa de Varzim -Famalicão.

Apoiar desenvolvimento coeso e em rede

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “a rede de percursos estrutura a oferta de um produto turístico, em articulação com os ativos culturais e naturais existentes, e com a oferta de alojamento local e restauração”. Por outro lado, “pela qualidade paisagística de que usufruem, a distribuição geográfica e localização”, os trilhos ora definidos apoiam “um desenvolvimento mais coeso e em rede dos aglomerados rurais, como estrutura de uma oferta turística específica, mas com necessidade de promoção”.

A autarquia famalicense iniciou em 2010 um conjunto de caminhadas concelhias, envolvendo milhares de participantes, que através da organização de várias etapas, se dava a conhecer os vários pontos de cada freguesia do concelho, descobrindo o património cultural, a fauna e flora, servindo de ponto de partida para esta Rede Municipal de Trilhos. Neste mesmo âmbito, a autarquia famalicense organizou em 2020, pela primeira vez, o Pio-Pardo – Festival de Observação da Natureza.

 

Imagem: M VNF

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial) ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

*

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.