Famalicão vai contar com Rede Municipal de Trilhos da Natureza

Famalicão vai contar com Rede Municipal de Trilhos da Natureza

Pub

 

 

Famalicão vai dispor de uma Rede Municipal de Trilhos da Natureza com a extensão de 62,3 quilómetros que contará com quatro percursos pedestres ao longo dos rios Ave, Este e Guisande. Desta forma, a autarquia local pretende dar a conhecer o património natural e histórico-cultural do território.

O projeto foi aprovado recentemente no âmbito da operação do Provere Minho Inovação, do Programa Operacional Norte 2020, que cofinancia o investimento na ordem dos 85 por cento, isto é, 88.475,48 euros do total de 104.088,80 euros que irão ser gastos neste produto turístico associado ao desporto e bem-estar.

Traçados dispersos pelas zonas de natureza do Concelho de Famalicão

Numa primeira fase, será feita a limpeza, arranjo e recuperação dos percursos pedestres, seguindo-se a sua sinalização, homologação e aplicação móvel.

A nova Rede Municipal de Trilhos terá quatro novos percursos pedestres partindo de traçados já previamente desenhados ao longo de gerações. É o caso de Portas da Vila, um percurso circular com 17,5 km que se desenvolve em torno de Vila Nova de Famalicão. Percorre o núcleo urbano, ligando-o ao Penedo da Moura, ao Monte de Santa Catarina e à Ciclovia.

O percurso de Nine – Arnoso é também um percurso circular com 14 quilómetros que se desenvolve nos vales dos rios Este e Guisande, entre estas duas localidades.

O Caminhos do Ave é outro percurso circular com 15,8 km que acompanha o rio Ave desde o Parque de Lazer Calça Ferros, em Pedome, onde se organizam concertos e festivais de música e se realizam convívios familiares, ao mercado e ponte sobre o rio. No regresso, o trajeto percorre as localidades de Oliveira São Mateus, Oliveira Santa Maria, subindo à Capela de Santa Tecla e regressando ao ponto de partida pela freguesia de Pedome.

Referência ainda para o percurso de Gondifelos, também circular com 15km que se desenvolve entre as localidades de Gondifelos, Gemunde e o Castro de Penices, sendo que aproximadamente um terço do percurso decorre em traçado comum com a via ciclo-pedonal Póvoa de Varzim -Famalicão.

Apoiar desenvolvimento coeso e em rede

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “esta rede de percursos de natureza estrutura a oferta de um produto turístico, em articulação com os ativos culturais e naturais existentes, e com a oferta de alojamento local e restauração”. Por outro lado, “pela qualidade paisagística de que usufruem, a distribuição geográfica e localização”, os trilhos ora definidos apoiam “um desenvolvimento mais coeso e em rede dos aglomerados rurais, como estrutura de uma oferta turística específica, mas com necessidade de promoção”.

A autarquia famalicense iniciou em 2010 um conjunto de caminhadas concelhias, envolvendo milhares de participantes, que através da organização de várias etapas, se dava a conhecer os vários pontos de cada freguesia do concelho, descobrindo o património cultural, a fauna e flora, servindo de ponto de partida para esta Rede Municipal de Trilhos. Neste mesmo âmbito, a autarquia famalicense organizou em 2020, pela primeira vez, o Pio-Pardo – Festival de Observação da Natureza.


Imagem: MVNF


1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão - trilhos - caminhada - natureza - ecovias

Donativos a VILA NOVA Online

Trilho dos Moinhos coloriu os trilhos e o Centro Histórico de Barcelos

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.