País ultrapassa trágico número de 10.000 vítimas mortais

Pandemia | Portugal bate novo recorde: mortes – 274, casos – 15.333

Pandemia | Portugal bate novo recorde: mortes – 274, casos – 15.333

Pub

 

 

Portugal vive hoje o dia mais negro da pandemia de Covid-19. O país registou mais 274 mortes e 15.333 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, segundo os dados revelados esta tarde pela Direção-Geral da Saúde, batendo novos recordes de vítimas diretas da doença. A cada momento que passa, a situação agrava-se e os hospitais, cada vez mais cheios, têm ainda maiores dificuldades em aceitar novos doentes.

Este sábado, menos de 13 meses depois de a doença ter sido oficialmente divulgada, e bem menos de um ano depois de ter surgido em Portugal, o país ultrapassou a fasquia dos 10 mil mortos por Covid-19, ao registar mais 274 mortes (o que perfaz um total de 10.194 vítimas mortais). A nível nacional contam-se ainda mais 15.333 novos casos de infeção do que os registados no boletim epidemiológico de sexta-feira. Nos internamentos entraram mais 143 pessoas, sendo agora contabilizadas 5.922 pessoas, 720 das quais nos cuidados intensivos.

Novos casos abundam um pouco por Portugal

“A distribuição regional do boletim mostra este sábado uma subida de novos casos nas regiões de Lisboa, Norte, Alentejo, Algarve e ilhas”, destaca Joana Beleza no Expresso.

“No Norte, registaram-se mais 4.992 infeções, para um total que continua a ser o mais alto do país: 280.156 casos desde março” e em “Lisboa e Vale do Tejo, que continua a concentrar a maioria das novas infeções: agora foram 6.135. Ao todo, nesta região houve já 214.830 casos de infeções”.

Prestes a chegar aos 100 milhões de casos em todo o mundo

A nível mundial calcula-se que a pandemia de Covid-19 já fez até ao momento quase de 2 milhões e 100 mil mortos desde que a Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou a doença, estando para muito breve prevista a ultrapassagem dos 100 milhões de casos.

 

Imagem: Bruno Santos

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

*

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.