Promover valorização do património natural e a reaproximação das populações ao rio

Natureza | Ecovia do Ave atravessará Guimarães pelas margens do rio

Natureza | Ecovia do Ave atravessará Guimarães pelas margens do rio

Pub

 

 

Uma nova ecovia vai surgir em Guimarães. O percurso, de 34 quilómetros, atravessará o concelho em toda a sua extensão. Domingos Bragança, o edil vimaranense, destaca entusiasmo para a concretização de projeto estruturante, com a envolvimento das juntas de freguesia.

Uma Ecovia ao longo do rio Ave, a passar por 14 freguesias e uniões de freguesias, promovendo a observação e/ou contemplação da fauna e flora da região, com a criação de pontos de interesse ao longo do percurso, e promovendo a valorização do património natural e a aproximação ao rio. Esta é a base da proposta de traçado da Ecovia do Ave, apresentada esta terça-feira, 12 de janeiro, num projeto elaborado pelo Laboratório da Paisagem e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, em coordenação com a Câmara Municipal e as juntas de freguesia.

Preservar a integração paisagística de toda a extensão da galeria ripícola é um dos objetivos pré-definidos para a Ecovia do Ave, permitindo recuperar, de forma consciente, os percursos já existentes e sensibilizar a população para a importância da preservação e promoção da biodiversidade de Guimarães.

Domingos Bragança destaca o “pragmatismo”, mas também sobretudo o “entusiasmo” na concretização deste projeto através da “envolvência de todos”. “Há um trabalho imenso pela frente que permitirá vivermos mais em harmonia com a natureza. Reconhecemos que há sítios difíceis, mas temos de encontrar modos de redefinir os percursos quando necessário para completar esta ecovia do Ave que irá proporcionar à Cidade abraçar o rio, no Parque de Ardão“, em Silvares, salientou o Presidente da Câmara de Guimarães.

A Ecovia do Ave estabelecerá a ligação entre várias freguesias, desde Serzedelo, Gondar, Ronfe, Selho S. Jorge, Silvares, Brito, UF Sande Vila Nova e Sande S. Clemente, Ponte, Caldelas, Prazins Stª Eufémia, Barco, UF Briteiros St. Estêvão e Donim, UF Souto Santa Maria, Souto S. Salvador e Gondomar e UF Arosa e Castelões.

A sessão, realizada por videoconferência, contou com a participação dos Presidentes das Juntas de Freguesia e permitiu conhecer ainda alguns projetos que resultarão na proposta da Ecovia do Selho. Através do Laboratório da Paisagem, foi revelado o projeto pioneiro sobre a inventariação e avaliação ambiental de obstáculos no Rio Selho, desenvolvido pela Universidade do Minho, no âmbito da promoção e valorização do Património Natural.

Apelo à participação no programa Eco Freguesias XXI

Domingos Bragança expressou, noutro âmbito, a vontade em ter todas as freguesias do concelho a participar no programa Eco Freguesias XXI. Este programa foi explanado por Margarida Gomes, coordenadora nacional da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) no sentido de reforçar o envolvimento de todas as freguesias na concretização de projetos a nível do desenvolvimento sustentável. O Município de Guimarães assume os custos de comparticipação das freguesias e a submissão de candidaturas pode ser feita até 15 de fevereiro, com o apoio da Autarquia e Laboratório da Paisagem na elaboração das respetivas candidaturas.

Fé | Dormir para nos alhearmos do mundo

Imagem: M GMR

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

*

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

 

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.