Depois de uma década de franco crescimento, este é um ‘exercício essencial para desenvolvimento sustentado do concelho’

Desenvolvimento | Agenda para a Inovação 2030 de Viana do Castelo com mais de 1.000 participações de munícipes

Desenvolvimento | Agenda para a Inovação 2030 de Viana do Castelo com mais de 1.000 participações de munícipes

Pub

 

 

Viana do Castelo já reuniu cerca de 1.000 participações de munícipes, entre respostas por escrito ao inquérito em papel ou contributos através do inquérito digital, em torno da Agenda para a Inovação Viana 2030. José Maria Costa, o Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo defende que este é “um exercício essencial para o desenvolvimento sustentado do concelho”.

É determinante a “reflexão dos vianenses sobre o seu futuro e sobre o que pretendem ver implementado no concelho” para a Agenda que pretende ser uma atualização do Plano Estratégico para a próxima década, reforça o autarca. “A participação dos munícipes excedeu as expetativas, como nunca tivemos no passado. Não posso deixar de agradecer e realçar os excelentes contributos que os vianenses apresentaram”, vaticina ainda.

Em balanço dos primeiros meses de preparação do documento, José Maria Costa referiu que os vianenses identificaram como essenciais as áreas do Turismo, Juventude, Apoio Social, Cultura, Educação e Desporto, que vão agora ser debatidas em fóruns temáticos. O edil indicou ainda que a Economia do Mar será uma prioridade, bem como o Conselho de Concertação Estratégico, que será instalado no mês de abril.

Última década viu investimentos concretizados na ordem dos 200 milhões de euros

O responsável indicou ainda que, entre 2010 e 2020, Viana do Castelo investiu 200 milhões de euros no território, num “investimento com muito significado” que permitiu aumentar a capacidade empresarial do concelho, aumentar o emprego, aumentar de forma “ciclópica” as exportações para que a capital do Alto Minho seja o 16º concelho mais exportador a nível nacional, reorientando ainda a empregabilidade, já que atualmente 13% dos empregados existentes no concelho têm qualificação superior.

Agenda para a Inovação 2030

Recorde-se que a Agenda para a Inovação começou a ser construída a 4 de agosto do ano passado, com a realização de um primeiro fórum. Face aos constrangimentos provocados pela situação pandémica, a primeira versão do documento deverá ser apresentada em finais de abril.

É objetivo desta Agenda para a Inovação dar coerência e interligar grandes investimentos que estão assegurados e ainda identificar e projetar novos investimentos, no Quadro de Inovação e Desenvolvimento Sustentado. O documento deverá refletir a visão dos munícipes, das escolas, das empresas e das instituições do concelho sobre o futuro coletivo do concelho.

Será ainda promovido um estudo de opinião sobre avaliação e expectativas dos vianenses, realizando-se também reuniões de brainstorming e focus group após recolha dos inquéritos. O documento será apresentado em conclusão num fórum final, antes de ser validado pela Câmara Municipal e Assembleia Municipal.

Música | D.A.M.A ‘regressam ao futuro’ em Viana do Castelo

Intimidade | Violência doméstica: crime ou/e castigo?

Imagem: ABelo/M VCT

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

*

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Economia

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.