Medida estende-se a todo o território concelhio

Comércio | Guimarães isenta taxas a feirantes e comerciantes em 2021

Comércio | Guimarães isenta taxas a feirantes e comerciantes em 2021

Pub

 

 

Guimarães aposta no reforço da resposta à situação de pandemia por SARS-CoV-2 em 2021, disponibilizando diversas medidas excecionais e temporárias de apoio às famílias, às empresas e ao emprego.

Assim, a Câmara de Guimarães decidiu manter em 2021 a isenção das taxas devidas pelos comerciantes e feirantes do Mercado Municipal e Feira Retalhista, considerando as limitações do Plano de contingência implementado até 30 de junho de 2021. A autarquia vimaranense optou também pela isenção de  taxas devidas pela utilização da Loja das Flores do Cemitério Municipal e da taxas devidas pela prestação de serviços de restauração ou bebidas com caráter não sedentário, em espaço público.

Município compensa Juntas de Freguesia

O apoio aos feirantes estende-se ao território concelhio, nomeadamente às Feiras de Caldelas, Pevidém e São Torcato. Nesse sentido, foi aprovado a atribuição de um subsídio às respetivas Juntas de Freguesia, enquanto entidades gestoras dos recintos onde se realizam as feiras, para a implementação da isenção de 100% das taxas, de 1 de janeiro a 30 de junho de 2021, aos comerciantes e feirantes e pela perda de receita, considerando ainda que têm mais custos de gestão.

Este conjunto de apoios e medidas dirige-se às necessidades identificadas e estará sujeito a monitorização permanente com vista, caso se justifique, à sua revisão, alargamento, extensão e melhor adaptação à evolução da crise pandémica.

Urbanismo | Delães avança obras em direção ao futuro

Imagem: M GMR

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

*

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Economia, Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.