Regiões com mais de 960 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias prioritárias na aplicação de vacinas

Pandemia | Vacinação em lares arranca em 25 concelhos de alto risco

Pandemia | Vacinação em lares arranca em 25 concelhos de alto risco

Pub

 

 

A vacinação contra a Covid-19 de idosos e profissionais das unidades da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados vai arrancar no início da próxima semana nos 25 concelhos com um nível de risco extremamente elevado (mais de 960 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias). Aí foram identificadas um total de 150 estruturas residenciais, anunciou Marta Temido, a ministra da Saúde. Por essa altura está também prevista a chegada a Portugal de mais doses da vacina do consórcio Pfizer/BioNTech.

Marta Temido explicou que a prioridade de vacinação contra a Covid-19 nos lares de idosos e unidades de cuidados continuados integrados foi definida com base no mapa de risco.

Por região, 11 desses concelhos situam-se no Norte, cinco no Centro, um em Lisboa e Vale do Tejo e oito no Alentejo.

Vimioso, em Bragança, é o município do país com a incidência mais alta, de acordo com os dados divulgados esta segunda-feira pela Direcção-Geral da Saúde (DGS) sobre a incidência acumulada entre 7 e 20 deste mês. Seguem-se Castelo de Vide e Marvão, em Portalegre, Mourão, em Évora, Penamacor, em Castelo Branco, e Tabuaço, em Viseu, revela Alexandra Campos no Público.

Alargamento a restantes concelhos do país na semana seguinte

Na semana seguinte, a partir de 11 de janeiro, a vacinação avança para os lares de idosos dos restantes concelhos.

Marta Temido disse também que até agora não foi detetado nenhum caso de reação grave à vacina e que foram relatadas reações leves em alguns momentos, mas não motivaram qualquer notificação.

De acordo com a ministra, a acontecer essa reação “os profissionais de saúde sabem como proceder”, sendo que quando a população em geral começar a ser vacinada “a indicação poderá ser a de contactar com a linha de saúde 24, que poderá encaminhar para a unidade onde foi administrada a vacina”.

Portugal mantém-se no processo de compras conjuntas de vacinas da União Europeia (em alternativa à aquisição direta à farmacêutica). A vacinação contra a Covid-19, recorde-se, é facultativa.

Moda | Lenços de Namorados de Vila Verde continuam a inspirar Concurso Internacional de Criadores de Moda

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Imagem: Christian Langballe

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.