Filme será o candidato português ao Oscar de Melhor Filme Internacional

Cinema | ‘Vitalina Varela’ de Pedro Costa candidato aos Oscares

Cinema | ‘Vitalina Varela’ de Pedro Costa candidato aos Oscares

Pub

 

 

O filme Vitalina Varela, do realizador Pedro Costa, será o candidato português ao Oscar de Melhor Filme Internacional, nos Prémios da Academia Americana de Cinema.

Após a exclusão de Listen, procedeu-se a uma segunda votação entre os membros da Academia Portuguesa de Cinema, no sentido de garantir nova oportunidade de voto a todos os que haviam selecionado o filme na primeira votação, assegurando a maior representatividade possível na escolha do candidato de Portugal.

Vitalina Varela já granjeou outras distinções

Vitalina Varela estreou-se em 2019 no Festival de Locarno, na Suíça, onde recebeu o prémio máximo, o Leopardo de Ouro, assim como a protagonista, Vitalina Varela, duplamente premiada como melhor atriz. O filme, com produção da OPTEC, conta a história de uma mulher que viveu grande parte da vida à espera de ir ter com o marido, emigrado em Portugal. Sabendo que ele morreu, Vitalina Varela chegou ao país três dias depois do funeral.

Vitalina Varela tem sido reconhecido e aclamado com grande unanimidade em todo o mundo desde o seu lançamento. ‘A reacção internacional dos críticos a Vitalina Varela tem, genericamente, dois traços em comum: os elogios rasgados e os aparentemente inevitáveis preâmbulos sobre a artesania do cinema de Pedro Costa e o seu parentesco ferrenho com as artes visuais e do espaço, da pintura à arquitetura, e sobre a própria natureza do cinema’, referiu Joana Amaral Cardoso, no Público, aquando da exibição do filme no Festival de Locarno.

A obra, que recontextualiza a história de Vitalina Varela, persona surgida inicialmente no anterior Cavalo Dinheiro, é ‘um retrato pessoal que atinge a universalidade’, disse Bruno Victorino na Comunidade Cultura e Arte. ‘Das mulheres que sofrem, dos imigrantes que enfrentam dificuldades, das pessoas que vivem na margem de uma sociedade que as oprime, com a identidade dividida entre dois países, numa eterna resistência contra a sombra, contra as trevas, que o cineasta tão bem mimetiza nas suas imagens’.

Desde então o filme já foi exibido em mais de 50 festivais de cinema, cinematecas e ciclos dedicados a Pedro Costa, tendo sido premiado na maioria dos certames, como o Festival de Cinema de São Francisco, nos Estados Unidos, em Abril, que deu ao realizador o prémio Persistence of Vision. O universo inspirador do realizador de cinema é uma ‘carta escrita por mil mãos’, sendo esta candidatura o reconhecimento da mestria do seu trabalho.

A 93.ª edição dos Óscares acontece a 25 de abril de 2021, no Teatro Dolby em Los Angeles, durante a qual a Academia Americana de Cinema irá distribuir prémios em 23 categorias.

Música | Palma, ‘o Comendador’, e Ocempsiea matam saudades dos velhos concertos no ‘Festival para Gente Sentada’

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

*

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Cultura

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.