A 25.000 exemplares em papel junta-se a disponibilização online

Mídia | Boletim Municipal aponta caminhos do futuro em Famalicão

Mídia | Boletim Municipal aponta caminhos do futuro em Famalicão

Pub

 

 

As principais obras estruturantes que atualmente decorrem no concelho de Vila Nova de Famalicâo é o tema de destaque da nova edição do Boletim Municipal que começa amanhã a ser distribuído gratuitamente e que já está disponível para consulta através das várias plataformas de comunicação do
município.

A reabilitação do Mercado Municipal, do Centro Urbano, do Teatro Narciso Ferreira, da Estação Rodoviária de Famalicão, da rede viária municipal, e a construção de mais rede de saneamento básico, da rede de ciclovias urbanas, da via ciclopedonal Póvoa – Famalicão e da Loja do Cidadão são algumas das intervenções em curso que merecem destaque nesta nova edição da publicação municipal.

Obras que rasgam “o caminho do futuro em Famalicão. Um futuro mais amigo do ambiente, da sustentabilidade, da economia local e das pessoas. Com mais qualidade de vida”, refere o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, na mensagem editorial que assina.

‘Prosseguir o desenvolvimento do concelho’

O autarca acrescenta ainda que o executivo municipal não deixou de dar “continuidade ao plano de desenvolvimento que projetamos para o concelho”, apesar de estarmos a viver um ano marcado por uma “pandemia totalmente inesperada e imprevisível”, à qual a autarquia continua a dar resposta com
um Plano de Reação à Situação Epidémica e de Intervenção Social e Económica.

Refira-se que o Boletim Municipal é um dos meios de comunicação utilizados pela autarquia para manter os famalicenses informados sobre as várias dinâmicas que acontecem no concelho. Economia, desporto, educação, cultura e ambiente são alguns dos temas que merecem abordagem ao longo das 58 páginas da publicação.

Suplemento especial Selos Visão ’25

À semelhança das últimas edições, este boletim conta também com um suplemento especial, desta vez dedicado aos Selos Famalicão Visão’25. Ao longo das 20 páginas da separata são apresentados, de forma sucinta, os 34 projetos inspiradores que este ano foram reconhecidos com a chancela municipal.

O Boletim Municipal tem uma tiragem de 25 mil exemplares e é distribuído gratuitamente, de forma não endereçada, no território concelhio. Quem não o receber em casa, pode facilmente levantar um exemplar nos diversos organismos municipais dispersos pelas freguesias do concelho e inclusivamente nas próprias Juntas de Freguesia.

‘Boletim Municipal’ digital

Outra opção de leitura é através do formato digital, disponível para consulta e download a partir do portal do município em www.famalicao.pt  ou através da plataforma ISSUU.

Construção | Braga adota licenciamento e procedimentos digitais

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

*

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.