Espetáculo multipremiado uma vez mais reconhecido com a seleção para o Festival Mundial de Teatro Amador

Teatro | Balugas representa Portugal no Mondial du Théâtre no Mónaco

Teatro | Balugas representa Portugal no Mondial du Théâtre no Mónaco

Pub

 

 

O Teatro de Balugas, de Balugães, em Barcelos, foi selecionado para representar Portugal no Mondial du Théâtre, que vai acontecer de 17 a 22 de agosto de 2021, no Principado do Mónaco. A companhia barcelense apresentará em cena o espetáculo “Pão Nosso”, que tanto sucesso lhe tem trazido.

Há mais de 30 anos que o Mondial du Théâtre não recebia uma companhia de teatro portuguesa. Criado em 1957, o Festival Mundial de Teatro Amador realiza-se de quatro em quatro anos, pelo que vai apenas na 17ª edição.

O certame, que recebeu mais de 80 candidaturas, conta com 15 espetáculos apurados e oriundos de países como Argentina, Eslováquia, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Irão, Itália, Japão, Lituânia, Marrocos, Portugal, República Centro-Africana, Reino Unido e Rússia. Os espetáculos serão apresentados no Théâtre Princesse Grace e no Théâtre des Variétés.

Pão Nosso, retrato do ciclo do pão

“Pão Nosso”, com texto e encenação de Cândido Sobreiro, fala-nos da aldeia de Balugães, terra onde já se amassou muito pão e onde se talharam muitas gamelas de pinho. O pão era o sustento, as gamelas também. Trata-se de um conjunto de pequenas histórias relacionadas entre si que contam mais do que o artefacto, o alimento, o labor. São, na verdade, uma recolha de memórias, ladainhas, cantigas e ofícios, recuperando utensílios e articulando artisticamente com a comunidade a criação do espetáculo. A partir daqui, o Teatro de Balugas aborda de uma forma teatral e poética o ciclo do pão na aldeia, reconstruindo-o a partir de princípios diferentes não tradicionais e até mesmo de certo modo oníricos.

Companhia com palmarés internacional

Desde a estreia, o trabalho da companhia de teatro de Balugães tem sido multipremiado. Vencedor do CONTE 2020 – Concurso Nacional de Teatro com o Prémio Ruy de Carvalho para melhor espetáculo, é agora uma vez mais reconhecido internacionalmente, depois de ter sido um dos três espetáculos finalistas nomeados para Melhor Espetáculo Internacional nos prémios ESCENAMATEUR da Confederação de Teatro Amador em Espanha, selecionado para o Festival Transfronteiriço de Teatro Amador PLATTA, e um dos representantes de Portugal no Festival Ibérico de Teatro Amateur, ambos festivais também realizados em Espanha. “Pão Nosso” foi também selecionada para o Red Apple International Theater Festival, no Sri Lanka, e para o Concorso Teatrale Internazionale “Città di Chivasso”, em Itália, onde foi apresentada online devido à pandemia.

Ensino | UMinho abre Curso de Preparação para acesso de adultos

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

*

Obs: envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Agenda, Cultura

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.