Prática habitual de há anos a esta parte, iniciativa conta com a parceria do ICNF

Natal | Santo Tirso e Guimarães oferecem pinheirinhos

Natal | Santo Tirso e Guimarães oferecem pinheirinhos

Pub

 

 

Desde 3 de dezembro, os Municípios de Santo Tirso e Guimarães estão a oferecer pinheiros de Natal à população. Prática habitual de há anos a esta parte, a iniciativa resulta de uma colaboração com o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.

Santo Tirso

De forma a evitar o corte indiscriminado de árvores, a Câmara Municipal de Santo Tirso, volta a promover a campanha “1000 pinheiros de Natal” em parceria com Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas. Pinheiros naturais estão disponíveis a partir de 3 de dezembro.

A partir desta quinta-feira, a Câmara Municipal de Santo Tirso vai disponibilizar aos munícipes, de forma gratuita, pinheiros naturais provenientes de zonas selecionadas para operações de silvicultura preventiva.  Os pinheiros oferecidos pelo Município são, assim, devidamente cortados e transportados por técnicos do pelouro do ambiente, sob orientação do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.

A iniciativa pretende garantir que a população pode ter em casa um dos elementos mais simbólicos do Natal, salvaguardando a questão ambiental.

Os pinheiros podem ser levantados livremente, na Praça 25 de Abril, a partir de 3 de dezembro.

Guimarães

A Câmara Municipal de Guimarães, à semelhança dos últimos anos, disponibiliza gratuitamente Pinheiros de Natal aos munícipes e instituições do concelho que pretendam optar por um modelo de ornamentação natalícia em tamanho natural. Esta iniciativa decorre em colaboração com a ICNF.

Os Vimaranenses interessados deverão dirigir-se ao Horto Municipal, de segunda a sexta-feira, das 08h00 às 13h00, na zona de Monchique, na freguesia da Costa.

Esta iniciativa pretende contribuir para a defesa do património florestal evitando os abates indiscriminados e mutiladores de árvores jovens, que põem em causa o equilíbrio dos ecossistemas florestais.

As árvores a oferecer pela Câmara Municipal de Guimarães foram cortadas de acordo com as regulamentações técnicas e resultam de várias operações de silvicultura preventivamente realizadas, com o objetivo de satisfazer as necessidades do mercado e, ao mesmo tempo, promover a utilização racional da floresta vimaranense.

Coronavírus | Há vacinas contra a Covid-19 em janeiro, sim

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

*

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.