Na mesma cerimónia em que foram igualmente condecorados Jorge Palma e Alice Vieira, Jaime Ribeiro evocou o irmão

Comenda da Ordem do Infante D. Henrique entregue aos herdeiros de António Variações

Comenda da Ordem do Infante D. Henrique entregue aos herdeiros de António Variações

Pub

 

 

O Presidente da República condecorou ontem, no Palácio de Belém, a título póstumo, o cantor, poeta e compositor pop António Variações, natural de Amares, um dos maiores ícones musicais portugueses do Século XX. A comenda da Ordem do Infante D. Henrique foi entregue a Jaime Ribeiro, irmão do artista, em representação da sua família.

Na breve cerimónia, anunciada há dias, foram igualmente condecorados um outro músico pop favorito entre os portugueses, Jorge Palma, com a mesma condecoração, e Alice Vieira, a famosa escritora de literatura infantojuvenil, com o grau de Grande-Oficial da Ordem da Instrução Pública.

Num momento de protocolo com acesso restrito por força das atuais circunstâncias devidas à pandemia de Covid-19, o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa impôs as insígnias aos homenageados, após usar da palavra.

Variações

À procura da eternidade

“Em junho de 1983 um jornalista perguntou ao António se procurava a eternidade? Respondeu: “Sim, sim, gostaria de ficar, já não digo na História, mas numa historiazinha, isto sem pretensão nenhuma”.

P’ ra ‘mudar de vida’, António esteve sempre ‘além’

Em representação da família, Jaime Ribeiro lembrou que António Variações “ousou lutar e cumprir o seu sonho maior de ser cantor e artista, com os seus textos e a sua música”, “mudar de vida”, sem “olhar p´ra trás e pensamento em frente”, porque sempre assumiu que “estou além, tenho pressa de sair, quero sentir ao chegar, a vontade de partir, p´ra outro lugar”.

No agradecimento que ajuda a perpetuar a sua memória, Jaime Ribeiro agradeceu também o envolvimento da Comissão Promotora de Homenagem a António Variações, sedeada no Minho, liderada pelo professor Carlos Dobreira, Comissão esta integrada por muitas personalidades da sociedade civil, da área da cultura, do ensino, das artes e do mundo empresarial que nos últimos anos têm desenvolvido inúmeras iniciativas para a promoção e divulgação da obra, mas também da RossioMusic, parceira e publisher dos respetivos trabalhos e que tem vindo também a desenvolver trabalho no sentido de prosseguir a divulgação da obra e proteção dos direitos de autor, quer a nível nacional, quer a nível internacional.

Legado duradouro e profundo

Feliz com o ‘enorme e ecléctico impacto do legado de António Variações’, que nunca imaginou vir a ser tão duradouro e profundo, Jaime Ribeiro deixou ainda um ‘obrigado’ final aos pais – Jaime Ribeiro e Deolinda de Jesus Rodrigues – que, “ao longo das décadas de 30, 40, 50 e 60, numa aldeia do Minho profundo, tiveram a coragem de educar dez filhos, com enormes carências e dificuldades”, tendo-lhes transmitido valores que nortearam a vida de todos eles.

Imagens: Mário Ramalho/Presidência da República

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

*

Pub

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.