Marlene Ferezini, Gabriela Ribeira e Filipa Correia também distinguidas

Fotografia | Carolina Sousa vence XVII Concurso Municipal de Braga

Fotografia | Carolina Sousa vence XVII Concurso Municipal de Braga

Pub

 

 

Carolina Sousa foi a vencedora do XVII Concurso Municipal de Fotografia, que que fez incidir o olhar sobre “Os Fontanários de Braga”. A iniciativa, desenvolvida pelo Município de Braga, com o apoio dos Transportes Urbanos de Braga (TUB), teve o condão de estimular o interesse e a sensibilidade dos concorrentes relativamente ao património hidráulico que ornamenta e embeleza as praças, as ruas e os jardins da cidade e de muitos outros lugares e recantos do concelho.

Após analisar os trabalhos a concurso, o júri decidiu, também, atribuir Menções Honrosas às concorrentes Marlene Ferezini e Gabriela Ribeiro, registando que estes trabalhos corporizam significativo mérito e qualidade, manifestando coerência e unidade no conjunto do portefólio apresentado.

Da mesma forma, foi atribuído o Prémio Especial do Júri à concorrente Filipa Correia, considerando que a foto distinguida revelava singularidade e sentido estético estimulando a observação.

Exposição decorre entre 9 de Dezembro e 9 de Janeiro

Esta edição do concurso de fotografia decorreu de 9 a 11 de Outubro. A habitual exposição pública decorrerá na Fonte do Ídolo e os trabalhos premiados, bem como fotografias dos vários concorrentes, estarão patentes ao público entre os dias 9 de Dezembro e 9 de Janeiro.

Olhar o património bracarense relativo à água

A XVII Edição do Concurso Municipal de Fotografia (2020) teve como tema “Os Fontanários de Braga”, com o objectivo da captação de imagens alusivas às fontes, fontanários, chafarizes, tanques, nascentes, lagos, poços, aquedutos e outros imóveis similares, existentes na Cidade e no Concelho de Braga. Simultaneamente, convidava à imaginação e ao olhar peculiar dos concorrentes que poderiam deixar-se inspirar nas múltiplas e emblemáticas construções hidráulicas, presentes no Centro Histórico, nas “Sete Fontes” – classificadas como Monumento Nacional –, e também em tantas outras, simples, mas igualmente únicas, que embelezam e cumprem a sua função em todas as freguesias do Concelho.

Neste enquadramento, os concorrentes apontaram a objectiva ao geral e ao pormenor, ao material e ao humano, e outros elementos que considerassem relevantes, deste vastíssimo e multifacetado património cultural.

Júri satisfeito com participação

O júri do concurso, composto pelo representante da Associação “Encontros de Imagem”, Carlos Fontes, pelo fotógrafo profissional, Hugo Delgado e pelo vereador do Pelouro da Regeneração Urbana e Património Cultural da Câmara Municipal de Braga, Miguel Bandeira, considerou que os trabalhos possuíam na sua generalidade mérito, contribuindo para um melhor conhecimento do património por parte dos participantes.

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Cultura

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.