Cantora da africanidade aberta a outras influências apresenta-se em Braga

Música | Selma Uamusse shows ‘Liwoningo’ ‘live’@Theatro Circo

Música | Selma Uamusse shows ‘Liwoningo’ ‘live’@Theatro Circo

Pub

 

 

O Theatro Circo, em Braga, receber este sábado, 7 de novembro, pelas 19h00, um concerto, recheado de promessas, de Selma Uamusse, a genial voz do gospel, da música soul, do jazz e até do rock’n’roll que, em simultâneo, se aventura pelos sons tradicionais de Moçambique.

Depois de colaborar com Paulo Furtado, o one-man-band Legendary Tiger Man, nos Wraygunn, a cantora aventurou-se num primeiro álbum a solo ainda em 2019. O resultado desenhava-se, então, entre as palavras e sonoridades de “Mati”.

Mais recentemente, Selma Uamusse lançou o seu segundo disco em nome próprio, “Liwoningo” (que significa luz em Chope, uma das línguas de Moçambique). Produzido por Guilherme Kastrup, produtor premiado com um Grammy pelos álbuns “A Mulher do Fim do Mundo” e “Deus é Mulher” de Elza Soares. Este é um disco que acentua o património imaterial africano, de Moçambique. A africanidade continua a inspirar letras e melodias, mas mistura-se por esse mundo fora, em temas e arranjos, mantendo como raiz comum o poder do ritmo, da língua ou das sonoridades africanas, mas sempre aberto outras influências.

Voz: Selma Uamusse | Baixo, teclados: Augusto Macedo | Bateria: Gonçalo Santos | Guitarra: Milton Gulli | Percussão: Nataniel Melo

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

Enquanto Órgão de Comunicação Social, a Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, e ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Caso pretenda efetuar uma assinatura de amigo, com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: envie-nos, por favor, o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento para efeitos fiscais.

*

 

Pub

Categorias: Agenda, Cultura

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.