Plano Estratégico 2020-2030 aposta forte em habitação a custos controlados

Viver | Póvoa de Varzim cria incentivos à fixação de jovens no concelho

Viver | Póvoa de Varzim cria incentivos à fixação de jovens no concelho

Pub

 

 

Um dos atuais desígnios da Póvoa de Varzim é o de criar condições para fixar população jovem no concelho, abrindo caminho para o fortalecimento e regeneração da comunidade poveira.

Para o executivo do Município da Póvoa de Varzim, uma das melhores formas de o fazer passa pelo investimento na construção de habitação a custos controlados na Póvoa de Varzim. Este foi, aliás, um dos pontos fortes do Plano Estratégico 2020-2030 apresentado por Aires Pereira, o Presidente da Câmara em exercício, esta semana. Pretende-se, desta forma, tornar mais acessível o arrendamento e/ou aquisição de habitação no concelho. O objetivo é dar oportunidades aos jovens em início de vida e de carreira que queiram residir na Póvoa de Varzim, mas também atrair novos públicos e investidores para dinamizar e rejuvenescer o tecido empresarial local.

Um dos passos dados neste sentido foi a abertura do Concurso de Ideias para a execução de um projeto de 150 fogos habitacionais, a custos controlados, no Lugar da Gândara e Mariadeira. Esta iniciativa, promovida pelo Município da Póvoa de Varzim em conjunto com a Ordem dos Arquitetos, foi acolhida com muito entusiasmo e interesse público, tendo sido apresentadas ao júri várias propostas. Das mais de duas dezenas, foi selecionada e aprovada, por unanimidade em Reunião de Câmara, a proposta mais adequada para o espaço e com mais qualidade arquitetónica e urbanística.

Empreitada de construção a custos controlados em Gândara e Mariadeira está para breve

A proposta vencedora dá continuidade à paisagem envolvente e revela preocupações ao nível da sustentabilidade, energia e mobilidade ciclável e pedonal, já que propõe um espaço exterior convidativo ao lazer e à prática de desporto ao ar livre, em conforto e segurança.

Para o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, marca-se, assim, o início de uma “importantíssima obra no que se refere à oferta de habitação a custo controlado para fixar população no nosso concelho, nomeadamente, população jovem”. Concluída a primeira fase de conceção, encontram-se atualmente em curso os projetos de execução de loteamento, um trabalho de articulação entre o Município da Póvoa de Varzim e a equipa vencedora do Concurso de Ideias, aos quais se seguirá a empreitada.

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.