Administração da substância vantajosa em indivíduos de alto risco

Saúde | Doentes com Covid-19 registam baixos níveis de Vitamina D

Saúde | Doentes com Covid-19 registam baixos níveis de Vitamina D

Pub

 

 

Mais de 80 por cento dos cerca de 200 pacientes com COVID-19 do Hospital Universitario Marqués de Valdecilla, em Espanha, têm deficiência de vitamina D, de acordo com um novo estudo – “Condição da Vitamina D em pacientes hospitalizados com infeção por SARS-CoV-2” – que acaba de ser divulgado online. Os resultados do estudo foram publicados no Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism da Endocrine Society.

A vitamina D é uma hormona produzida pelos rins, que controla a concentração de cálcio no sangue e afeta o sistema imunológico. Embora esta investigação ainda se encontre em desenvolvimento, a deficiência de vitamina D tem sido associada a uma variedade de problemas de saúde, porquanto a hormona afeta outros sistemas do corpo. Muitos estudos apontam para o efeito benéfico da vitamina D no sistema imunológico, principalmente no que diz respeito à proteção contra infeções.

Administração de Vitamina D vantajosa para sistemas musculoesquelético e imunológico

“Uma abordagem que temos praticado passa por identificar e tratar a deficiência de vitamina D, especialmente em indivíduos de alto risco, como idosos, pacientes com comorbidades e residentes em lares, que são a principal população-alvo do COVID-19”, refere o coautor do estudo José L. Hernández, Ph.D., da Universidade de Cantabria, em Santander. “O tratamento com vitamina D deve ser recomendado a pacientes com COVID-19 com baixos níveis de vitamina D circulando no sangue, uma vez que esta abordagem pode ter efeitos benéficos tanto no sistema musculoesquelético quanto no sistema imunológico.”

Os investigadores descobriram que 80% de 216 pacientes com COVID-19 analisados neste estudo no Hospital Universitario Marqués de Valdecilla tinham deficiência de vitamina D, e os homens registavam níveis ainda mais baixos de vitamina D do que as mulheres. Pacientes com COVID-19 com níveis mais baixos de vitamina D também apresentaram níveis séricos elevados de marcadores inflamatórios, como ferritina e dímero-D.

 

Imagem: Mufid Majnun

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

*

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Ciência

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.