Albano Mendes

Música | Febre de sexta à noite… com Baiuca no CIAGJ

Música | Febre de sexta à noite… com Baiuca no CIAGJ

Pub

 

 

Foi com uma sala repleta, dentro da lotação prevista, que o galego Baiuca e sua «entourage» deram início a um espectáculo que teve tanto de tradição como contemporaneidade.

O Centro Internacional de Artes José de Guimarães assistiu, esta sexta, à improvável sessão de clubbing que fundiu a música tradicional da Galiza e Trás-os-Montes com pop eletrónica. Baiuca, promissor músico galego, foi o protagonista deste concerto.

Músico com tanto de tradicional como de futurista, Baiuca pinta o cancioneiro popular do Norte peninsular com uma pop arrumada em sintetizadores predominantes e um ritmo clubbing que lembra os hedonistas anos 80. Esta mescla tão alienígena quanto auspiciosa nasce na infância do músico e produtor Alejandro Guillán (nome verdadeiro de Baiuca), que em espanhol significa taberna, mas aqui se refere a um pequeno lugar no município de Catoira, onde Alejandro nasceu.

Baiuca viu e (con)venceu um público que, para espanto geral, apresentava uma grande franja [de seguidores] com sotaque galego e castelhano.

A Galiza fez girar o ciclo TERRA, promovido pela Capivara Azul. Venha o próximo concerto.

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Imagens: (0, 1) Albano Mendes, (2) Albano Mendes / Capivara Azul / VN ed

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Cultura

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.