“De volta ao mar, com a atitude de mudar”

Balnear | Praias de Bandeira Azul de Caminha com higiene e segurança reforçadas

Balnear | Praias de Bandeira Azul de Caminha com higiene e segurança reforçadas

Pub

 

 

Foram ontem hasteadas as bandeiras azuis nas quatro praias oceânicas do concelho de Caminha e na praia fluvial das Azenhas, em Vilar de Mouros. Está aberta a época balnear, uma época especial marcada pela Covid-19. Nas últimas semanas foi desenvolvido um trabalho intenso de limpeza e instalação de infraestruturas diversas, com um forte investimento da Câmara nas condições de higiene e segurança das praias.

As quatro praias oceânicas do concelho – Caminha (Foz do Minho), Forte do Cão (Âncora), Moledo e Vila Praia de Âncora, e a praia fluvial das Azenhas, em Vilar de Mouros voltaram a ser galardoadas este ano com a Bandeira Azul da Europa. É o reconhecimento da qualidade, mas também do esforço continuado, desenvolvido durante todo o ano, que permite alcançar, mais uma vez, o objetivo em todas as praias candidatadas.

Recorde-se que o tema da Bandeira Azul este ano é: “De volta ao mar, com a atitude de mudar” e está presente em todos os momentos de preparação da época balnear, como estará durante estes dois meses. Para que tudo pudesse decorrer em segurança e em respeito pelas regras sanitárias, reforçou-se o investimento, tendo-se procedido a múltiplas intervenções/melhorias nas praias do concelho. Desde logo há um apoio mais forte aos concessionários de praia, comparticipando-se o custo de um nadador salvador por concessão.

 

Entretanto, foi implementado um dispositivo móvel de vigilância e salvamento marítimo em áreas de praia não concessionadas, entre 1 de julho e 31 de agosto, com dois nadadores salvadores e uma moto 4 equipada de acordo com as exigências do ISN. Este dispositivo é implementado em coordenação com o dispositivo da Marinha, em viatura todo o terreno. A Câmara também assegura um dos dispositivos de nadadores salvadores na Praia da Foz do Minho.

Houve um reforço dos sanitários públicos – com instalação de módulos na praia da foz do Minho, na zona norte da praia de Vila Praia de Âncora, na zona norte da praia de Moledo e na zona sul de Moledo. Foram também colocados três postos de primeiros socorros: em Vila Praia de Âncora, na Foz do Minho e outro na praia das Azenhas, em Vilar de Mouros.

Entre outras medidas, de sublinhar ainda que a Câmara procedeu à colocação de sinalética nos acessos aos areais no âmbito dos procedimentos de prevenção da pandemia Covid 19; reforçou os painéis informativos, com a aquisição e instalação de equipamentos adicionais, estão a ser colocados dispensadores de solução desinfetante de mãos em todas as entradas das praias e continuam os trabalhos de manutenção de passadiços e gradeamentos.

Registe-se também o reforço da limpeza e higienização das instalações sanitárias;     limpeza dos areais em todas as praias; monitorização da qualidade da água balnear; aquisição de quatro novos equipamentos de bombagem para os sistemas de retenção da rede de drenagem de águas pluviais de Vila Praia de Âncora; aquisição de novos equipamentos de recolha de resíduos e reforço da frequência de recolha nas praias; implementação de três equipas de praia, para desenvolver ações de sensibilização dos veraneantes, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia Covid-19 e o reforço da segurança no controlo do trânsito nos acessos à Praia da Foz do Minho, entre 1 de junho e 31 de agosto.

Fonte e Imagens: Município de Caminha

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

A Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e plural, é gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.