Stress e exaustão baixam qualidade de vida e desempenho no trabalho?

Saúde | Alunos de Enfermagem do ISAVE avaliam efeitos da pandemia sobre profissionais

Saúde | Alunos de Enfermagem do ISAVE avaliam efeitos da pandemia sobre profissionais

 

 

Stress e exaustão baixam qualidade de vida e desempenho no trabalho?

Pois é o cabal esclarecimento desta questão que os alunos do Curso de Enfermagem do ISAVE  pretendem atingir com o lançamento de um inquérito aos profissionais de saúde a sua classe.

A avaliação dos níveis de stress, exaustão e coping em enfermeiros durante a pandemia de Covid-19 constitui o tema de um estudo que está a ser desenvolvido pelos estudantes da Licenciatura em Enfermagem do ISAVE — Instituto Superior de Saúde, com sede em Amares. Trata-se de um estudo online que está a ser coordenado pelos docentes Lígia Monterroso, Mafalda Duarte e João Neves Silva.

A necessidade de fazer esta investigação resultou da constatação de que a recente pandemia de Covid-19 teve um impacto significativo nos profissionais de saúde em Portugal e, em particular, nos enfermeiros que lidam direta ou indiretamente com esta realidade em Cuidados de Saúde Primários (CSPs) ou em Estruturas Residenciais para Idosos (ERPIs).

“Elevados níveis de stress e exaustão profissional nos enfermeiros, associados à insuficiência de estratégias de coping, provocam baixos níveis de qualidade de vida e desempenho no trabalho, comprometendo não só o sucesso das organizações como também a qualidade dos cuidados de saúde prestados” é o ponto de partida do estudo em marcha.

Os objetivos a atingir incluem a identificação das “fontes geradoras de stress nos enfermeiros” e a comparação entre o stress sentido entre estes profissionais que operam em CSPs e os que operam em ERPIs, para além de quantificar e descrever estratégias de coping igualmente relativas a estes profissionais de saúde.

Os alunos de Enfermagem do ISAVE convidam todos os enfermeiros e enfermeiras a exercer a sua profissão em CSPs e ERPIs em Portugal e cuja atividade predominante seja a prestação direta de cuidados de saúde, através do preenchimento de um questionário anónimo e confidencial.

Como é norma nestes estudos, os dados recolhidos serão tratados, analisados e divulgados de acordo com as regras de investigação e ética científica.

 

Fonte e Imagem: ISAVE

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Categories: Ciência, Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.