Construir mil pássaros e deixar-se voar em direção à Felicidade

Famílias | Famalicão Cidade Orizuro

Famílias | Famalicão Cidade Orizuro

 

 

‘Deixe-se voar!’… E leve consigo a sua família.

Esta é a proposta que a Casa das Artes tem para si desde o início deste mês de junho em ação direcionada para as famílias de todo o concelho, especialmente aquelas com crianças (mas não apenas): transformar Vila Nova de Famalicão na Cidade Orizuro. O convite mantém-se até 20 de setembro, mas não deixe ficar para depois: ‘nunca deixes para amanhã o que podes fazer hoje’ e ‘amanhã pode ser tarde demais’.

Diz a lenda [japonesa] que fazer mil pássaros enquanto se pensa num desejo, torna esse desejo realidade.
Voa. Canta. Dá asas ao teu coração.
Faz um pássaro e deseja que tudo melhore.”

Na cultura tradicional japonesa, o orizuro é um origami que representa um pássaro. E é também um símbolo de felicidade, já que se acredita que se se fizer mil orizuros enquanto se pensa num desejo, esse desejo acaba por se tornar realidade.

Todos são chamados a criar em suas casas bandos de pássaros de papel e a colocá-los à janela, deste modo complementando a dinâmica criada pelo arco-íris, em voga durante o período de confinamento gerado pela pandemia Covid-19.

Esses pássaros executados com recurso à técnica de dobragem japonesa origami migrarão depois para os espaços verdes da cidade de Vila Nova de Famalicão.

Convite do Município famalicense à população é este: ‘Pense num desejo. Expresse-o: por palavras ou cores, nas folhas de papel quadrado à sua disposição. Faça um pássaro’.

O trabalho não é simples, mas também não é muito difícil. Os cuidados maiores devem ser colocados nas dobragens e mesmo com papel de uma única cor o pássaro que escolher produzir resultará surpreendente e muito bonito. Coloque-o depois num dos “ninhos” de Orizuro: na Casa das Artes, ou na Casa do Território do Parque da Devesa, ou n’ A Casa ao Lado, ou na Fundação Cupertino de Miranda, ou na Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

Como material de apoio, a autarquia sugere a consulta do Prontuário Mil Pássaros, com um tutorial com instruções de construção diversas, e um vídeo passo-a-passo de produção própria que serão de uma grande ajuda para os menos habituados e habilitados a realizar a estas tarefas.

Famalicão Cidade Orizuro é uma coprodução Casa das Artes e Companhia de Música Teatral.

 

Fonte: CA, CMT; Imagens: Casa das Artes

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Categories: Agenda, Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.