Edição 2020 concentra exibições na Concha Acústica do Parque da Devesa

Verão | ‘Cinema Paraíso’ ‘anima-te’ em Famalicão

Verão | ‘Cinema Paraíso’ ‘anima-te’ em Famalicão

Pub

 

A edição do Verão de 2020 do Cinema Paraíso enquadra-se nas limitações que todos vivemos por estes dias, mas não quisemos abdicar de concretizar uma programação de cinema ao encontro de um público vasto e transversal, concentrando as sessões no Parque da Devesa, junto ao lago, para que se possam estabelecer distâncias seguras entre espectadores e entre grupos de espectadores.

O convite fica feito, traga amigos, a família, mantas e almofadas e não se esqueça do agasalho: nesta edição as luzes do cinema estarão enquadradas pelo prado e pelo lago que pontua o centro do Parque da Devesa.

As sessões decorrerão nas noites de quarta-feira, com inicio às 22h00, num recinto gerido pelo Município de Vila Nova de Famalicão, com garantia de segurança e de vigência das normas decretadas pela Direcção Geral de Saúde, com capacidade para 882 pessoas, enquadrado, assim, num programa de animação sociocultural de Verão da cidade designado “Anima-te”.

A entrada  é livre, mas com levantamento obrigatório de ingresso no próprio dia da projecção, a partir das 15h00.

PARQUE DA DEVESA

(Junto ao Lago, Quartas-feiras – Julho, Agosto)

8 de Julho – VARIAÇÕES de João Maia

15 de Julho – MR. LINK (versão portuguesa) de Chris Butler

22 de Julho – 1917 de Sam Mendes

5 de Agosto – O MEU VIZINHO TOTORO de Hayao Miyazaki

12 de Agosto – MULHERZINHAS de Greta Gerwig

19 de Agosto – PARASITAS de Bong Joon Ho

Informação mais completa no site do Cineclube de Joane, promotor da inciativa, e da Casa das Artes de Famalicão.

Sessões às 22h00, entrada livre.

Fonte e Imagem: CJ

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Pub

Categorias: Agenda, Cultura

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.