Concurso contribui de forma efetiva para a promoção da literacia financeira

Ensino | Final de ‘No Poupar Está o Ganho’ conta com diversas escolas de Barcelos

Ensino | Final de ‘No Poupar Está o Ganho’ conta com diversas escolas de Barcelos

Pub

 

 

Para comemorar a 10ª edição do concurso “No Poupar Está o Ganho“, iniciativa que visa promover a literacia financeira junto de crianças e jovens do 1º e 2º ciclos de ensino e na qual participam várias escolas do concelho de Barcelos, a Fundação António Cupertino de Miranda promove, no dia 19 de junho, às 17h00. Desta vez, a final será realizada através do Facebook em emissão online dedicada a todas as escolas participantes no projeto, numa altura em que as aulas presenciais do 1º e 2º ciclos continuam suspensas e as atividades letivas são realizadas em casa.

A sessão do dia 19 de junho, onde serão apresentados os trabalhos finais da 10ª edição do Concurso “No Poupar Está o Ganho”, contará com a participação especial do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e dos muitos alunos e suas famílias que estarão presentes por via digital.

Na sessão ficarão a ser conhecidos os vencedores do Concurso escolhidos pelo Júri nas categorias de:

– Melhor trabalho do 1º ciclo
– Melhor trabalho do 2º Ciclo
– Melhor trabalho do 3º Ciclo
– Melhor trabalho do Ensino Secundário

O Município de Barcelos reconhecendo a importância da formação financeira desde o ensino pré-escolar ao ensino básico e secundário, apoia a iniciativa pois cada vez mais o Município assume o princípio da “Cidade Educadora”, com o objetivo permanente de fazer aprender, permitir a troca de experiências e a partilha de conhecimento.

“No Poupar Está o Ganho” vai de encontro aos objetivos e temas definidos no Referencial de Educação Financeira promovido pelo Plano Nacional de Formação Financeira e pelo Ministério da Educação e Ciência, contribuindo de forma efetiva para a promoção da literacia financeira.

Organizado desde 2010, o projeto tem crescido de ano para ano, de forma sustentada, contando com uma adesão cada vez maior por parte dos professores e dos alunos.

Literacia financeira: a brincar se aprende a ganhar

Qualquer lição de educação financeira é muito mais eficaz se for prática.

Quando ingressam no projeto “No Poupar Está o Ganho” todos os alunos recebem um manual com várias propostas de atividades e com todos os conceitos que abordam ao longo do ano letivo.

É importante incentivar as crianças a brincar a jogos de faz de conta, que envolvam simulação de situações de compra e venda onde, por exemplo, elas criem os seus próprios “negócios” (uma mercearia, uma padaria um cabeleireiro).

A brincar aprendem a contar o dinheiro que têm, a dar trocos e a saber geri-lo. Quando as crianças sentem o “dinheiro“ nas suas mãos e o sentem a mudar de mãos, percebem que o dinheiro é algo muito real, mesmo sendo dinheiro de brincar.

A experiência tátil de movimentar o dinheiro entre os dedos faz com que os conceitos financeiros permaneçam mais facilmente.

Costuma desenvolver estes jogos com as suas crianças?

Fonte: Município de Barcelos; Imagens: FACM

Fonte e Imagens: TL

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Pub

Categorias: Agenda, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.