Dispositivo pode ser programado para impedir eventuais acidentes

Ensino | Aluno da CIOR desenvolve ‘Sentinela’ medidora da qualidade do ar

Ensino | Aluno da CIOR desenvolve ‘Sentinela’ medidora da qualidade do ar

Pub

 

 

Um aluno da Escola Profissional CIOR desenvolveu o ‘Sentinela’, um projeto de eletrónica capaz de medir a qualidade do ar segundo diversos parâmetros. O dispositivo é capaz de detetar diferentes tipos de gases, tais como o gás natural, gás butano, propano e monóxido de carbono.

Mas o sistema vai além da análise: é capaz de realizar o corte do abastecimento de gás e água e alertar o proprietário, conforme aos seus desejos via email e/ou aplicação para smartphone.

O dispositivo é também expansível, isto é, suporta a ligação de novos sensores ou atuadores que poderão ser colocados noutras divisões e intervir em função de indicações do utilizador. Nestes, podem ser incluídos sensores de inundação, de presença, de abertura de portas e janelas, temperatura, entre muitos outros.

O sistema, premiado no concurso ‘O meu projeto é empreendedor’, pode ser monitorizado remotamente visto que todos os dados recolhidos são enviados para uma plataforma na internet.

Fonte e Imagens: TL

 

Fonte e Imagem: CIOR

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.