“Braga sempre, Benfica sempre, Portugal sempre”

Pesar | Faleceu Cândido Faria, emigrante ribadavense e mecenas dos portugueses e suas instituições em França

Pesar | Faleceu Cândido Faria, emigrante ribadavense e mecenas dos portugueses e suas instituições em França

Pub

 

 

Cândido Faria, o empresário natural de Riba d’Ave, Famalicão, que construiu um percurso singular em França, como tantos dos nossos familiares e compatriotas,  faleceu a 7 de junho, em Paris. Para lá da sua carreira construída ‘a pulso’, destacou-se pela sua ‘generosidade desinteressada’ e apoio a projetos como as obras da Casa de Portugal, que acolhe as atividades do Centro Cultural e Recreativo dos Portugueses, em Plaisir, ou a renovação da igreja da paróquia portuguesa de Gentilly, nos arredores de Paris.

“Eu não quero escrever que estou triste ao possível por te saber ausente”, confessou Hermano Sanches Ruivo, amigo indissociavelmente ligado ao empreendedor ribadavense pela Casa do Benfica de Paris. Lembrando, num leve toque de humor, que a última homenagem a Manuel Cândido aconteceu em Português, termina referindo os “olhos embaçados” pela tristeza e com uma afirmação que os unia profundamente: “Braga sempre, Benfica sempre, Portugal sempre”. “Bem haja, homem de bem”, conclui.

“Exemplo genuíno de um self-made man, o sucesso que alcançou ao longo das décadas no mundo dos negócios foi constantemente acompanhado de um generoso apoio a projetos emblemáticos da comunidade portuguesa no território gaulês”, testemunhou Daniel Bastos, estudioso da Lusofonia, em crónica divulgada no Blogue do Minho.

“Foi graças a ele que foi possível renovar as salas Fernando Pessoas e Vieira da Silva que acolhem mais de 100 eventos culturais por ano. Recentemente, durante a pandemia, ligou-me a perguntar se algum residente da casa precisava de algum tipo de apoio”, afirmou Ana Paixão, diretora da Casa de Portugal na Cidade Universitária Internacional de Paris, em declarações divulgadas pela Agência Lusa e publicadas, entre outros, n’ O Minho.

Manuel Cândido Faria era originário de Riba d’Ave, no concelho de Famalicão, e chegou a França aos 12 anos. Começou a trabalhar no ramo da construção civil aos 16 anos e aos 22 comprou a empresa que o empregava. Com sucesso no mundo dos negócios, o empresário português dedicava-se nos últimos anos a apoiar projetos da comunidade portuguesa.

Em 2016, Manuel Cândido Faria, foi reconhecido pelo Presidente da República aquando a celebração do 10 de junho em Paris, tendo o empresário recebido o grau de oficial da Ordem de Mérito. “É sempre bom ser reconhecido pelo trabalho que se faz pela comunidade”, declarou na altura.

 

Fonte e Imagens: TL

Fontes: BdM, HSR, OM; Imagem: HSR

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.