‘É responsabilidade de todos os militantes contribuir para a união do partido e para a afirmação dos valores socialdemocratas’

PSD | José Manuel Fernandes despede-se da Comissão Política Distrital de Braga

PSD | José Manuel Fernandes despede-se da Comissão Política Distrital de Braga

Pub

 

 

Dentro de aproximadamente um mês, a 11 de julho, os militantes do distrito de Braga do Partido Social Democrata são chamados a votar em eleições destinadas a eleger os novos órgãos regionais do partido. José Manuel Fernandes, o eurodeputado que foi também presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, está de saída da Comissão Política Distrital de Braga. Encerra-se, assim, um ciclo de seis anos em que este a liderou na qualidade de presidente.

Resultados do PSD em Braga entre os melhores 

No momento em que abandona o cargo, com satisfação, José Manuel Fernandes destaca os factos de o PSD ser “o partido no distrito de Braga com mais presidências de Câmara e autarcas nas Juntas de Freguesia e Assembleias”, bem como de em todas as eleições – Legislativas, Europeias, Presidenciais e Autárquicas – o PSD ter “obtido no distrito resultados e votações claramente acima da média nacional”.

“Como faço sempre em todas as funções que assumo, dei o máximo na defesa dos interesses do distrito e do País, cumprindo a missão central do PSD: estar ao serviço das populações procurando reforçar o seu bem estar e qualidade de vida.

A unidade, aliada à determinação e à forte mobilização de todos os militantes e simpatizantes sociais-democratas, tem sido determinante para o sucesso e os resultados positivos que reconhecidamente diferenciam o distrito de Braga”, refere na introdução do comunicado emitido a assinalar a despedida de funções.

PSD de Braga contribui para a afirmação do partido e do distrito de Braga 

José Manuel Fernandes considera que “o trabalho feito permitiu afirmar o PSD no distrito, como um partido mais forte, aberto e inclusivo, com uma forte aposta no debate e na formação política”, resumindo que este foi um “contributo importante para a afirmação do PSD e do distrito de Braga no contexto nacional”.

“O distrito de Braga tem dado um importante contributo para a afirmação do PSD como um partido agregador, reformista, ao serviço de todos os portugueses e o único capaz de garantir um país moderno e preparado para competir e vencer os desafios que temos pela frente, numa sociedade cada vez mais global e em aceleração constante”.

O eurodeputado bracarense agradece “o apoio, a colaboração e a solidariedade de todos os companheiros que que estiveram comigo nos órgãos distritais do partido”, sublinhando “ainda a gratidão a todos os militantes e simpatizantes, às estruturas locais do partido e a todos os autarcas nas freguesias e nos municípios, pelo papel insubstituível que desempenharam para o sucesso deste percurso”.

Responsabilidade da militância socialdemocrata

Talvez porque este seja um momento de eleições regionais, momentos estes em que as fações ideológicas, e até mesmo de grupos de interesses se afirmam, José Manuel Fernandes lembra ser “responsabilidade de todos os militantes contribuir para a união do partido e para a afirmação dos valores socialdemocratas”.

“Estou certo que o PSD será ainda mais forte no distrito de Braga, na afirmação de um partido com ambição, coragem e responsabilidade, que coloca Portugal e os Portugueses, sempre, em primeiro lugar”, conclui, reafirmando anteriores declarações, nomeadamente no Congresso do partido realizado em fevereiro passado.

 

Fonte: PSD; Imagem: VN s/ JMF+PSD

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Pub

Categorias: Política

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.