Promover a cidade e o concelho vianeses no período pós-emergência de Covid-19

Turismo | ‘Havemos de ir – à esplanada – a Viana’ regista 65 pedidos

Turismo | ‘Havemos de ir – à esplanada – a Viana’ regista 65 pedidos

Pub

 

 

Foram apresentados pelos comerciantes vianenses um total de 65 pedidos à iniciativa “Viana à Esplanada”, tendo 20 sido automaticamente autorizados e 45 estão ainda a ser analisados devndo receber autorização até à próxima sexta-feira, 5 de junho. O projeto, que resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Viana do Castelo e a Associação Empresarial de Viana do Castelo (AEVC), visa incentivar e promover o comércio e restauração em espaço público.

O projeto permite que lojas comerciais possam utilizar áreas exteriores aos estabelecimentos comerciais, garantindo o distanciamento social. Outra medida prevista no âmbito da “Viana à Esplanada” é a abertura de novas esplanadas para cafés, pastelarias e restauração no espaço público, respeitando as orientações da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Todas estas novas áreas de ocupação do espaço público na cidade e concelho serão isentas de taxas de ocupação.

Esta iniciativa está integrada no programa “Havemos de ir a Viana”, campanha de promoção da cidade e do concelho no pós-Estado de Emergência que foi lançada pela Câmara Municipal e pela AEVC com o objetivo de promover a reativação do comércio, restauração e hotelaria vianenses.

Fonte: Município de Viana do Castelo; Imagens. (0) Café Girassol, (1) Município de Viana do Castelo

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Pub

Categories: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.