notícia . análise . contexto . opinião

Aires Pereira: Pretende-se criar condições para que toda a gente se possa sentir bem na praia

Balnear | Póvoa de Varzim reabre praias em finais de junho

Balnear | Póvoa de Varzim reabre praias em finais de junho

 

 

Aires Pereira, o presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, esclareceu que a época balnear na Póvoa de Varzim terá o seu início apenas a 27 de junho. O encerramento acontecerá em 15 de setembro. As declarações foram prestadas, ontem, 22 de maio, à SIC Notícias e RTP1 dando a conhecer, em definitivo, a decisão da autarquia poveira para a atividade das suas praias. Durante alguns dias, chegou mesmo a referir-se a possibilidade de as praias poveiras só reabrirem a 1 de junho, mas tal não irá suceder.

O edil sublinhou que o plano de reabertura ainda não foi concluído na sua totalidade, mas que este calendário vai de encontro às especificidades próprias e à tradição das praias poveiras, que apresentam “condições atmosféricas diferentes” do resto do país.

Para tal, Aires Pereira defende ser necessário o estabelecimento de um conjunto de regras de “fiscalização reforçada, para que se possa chamar a atenção às pessoas” que não as estiverem a cumprir.

Para que “a concessão se mantenha equilibrada”, o autarca poveiro esclarece que o mesmo número de barracas irá ocupar dois terços da mesma e que isto não irá afetar a “área livre” da praia.

O edil considera que na Póvoa de Varzim “não é possível ter praia sem concessionários” e que estes são vitais para os “padrões de qualidade” sempre presentes no areal poveiro, garantindo que todos são “bem-recebidos, têm o seu espaço, a praia limpa e todas as condições que queremos quando vamos à praia”.

Relativamente à situação excecional criada pela pandemia de Covid-19, Aires Pereira entende que não se pretende a criação de um “estado policial, mas sim criar condições para que toda a gente se possa sentir bem na praia”, o que assenta no principio fundamental de todos “sermos agentes sanitários”, através da consciencialização de que cada um de nós tem de colaborar na proteção da comunidade.

À RTP1, Aires Pereira afirmou que “todos os parques serão tarifados para diminuir a carga automóvel junto à praia” e promover o total aproveitamento de toda a extensão do areal poveiro. Deste modo, irá proceder-se ao “encerramento da Avenida dos Banhos à circulação automóvel, todos os dias”.

A higienização das praias não será esquecida, com a devida colocação de dispensadores de gel e “lava-mãos” à entrada das mesmas.

 

Fontes: CM PVZ; Imagem: PVZ-SpD

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Categories: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.