‘The Quest for Interdisciplinarity’ reúne cientistas portugueses e espanhóis em resposta a desafio lançado pela OMS

Pandemia | INL apela à cooperação científica para combater Covid-19

Pandemia | INL apela à cooperação científica para combater Covid-19

Pub

 

 

INL – Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, juntamente com o Governo de Portugal e o Governo da Espanha, vai realizar uma Conferência Online de acesso livre no dia 26 de maio, às 15h00, com o objetivo de congregar o maior número de organizações para o enorme desafio de combater a Covid-19, no âmbito da iniciativa “Global Response Actions” e das suas quatro ações principais  – The Coalition for Epidemic Preparedness Innovation’s, GAVi – The Vaccine Alliance, ACT Therapeutic Partnership, e FIND – Diagnostics – Foundation for Innovative New Diagnostics.

Esta ação responde ao apelo da OMS no sentido de haver uma intensificação de esforços para controlar a pandemia e ao acesso equitativo e distribuição justa de todas as tecnologias e produtos essenciais em saúde para combater o vírus. Também exige uma avaliação independente e abrangente da resposta global, incluindo, entre outros, o desempenho da OMS.

O evento “The Quest for Interdisciplinarity” está aberto à participação de empresas, universidades, investigadores e estudantes (graduados, pós-graduados, doutorados) e ao público em geral.

Vamos contar com as contribuições de especialistas tais como Elvira Fortunato, Vice-Reitora da Universidade Nova de Lisboa, Maria Manuel Mota, diretora do Instituto de Medicina Molecular, Mónica Bettencourt Dias, diretora do Instituto Gulbenkian de Ciência,  Lars Samuelson, membro da Real Academia Sueca de Ciências, e ainda o Ministro da Ciência e Tecnologia, Manuel Heitor, a Ministra para a Coesão Territorial Ana Abrunhosa e o Diretor de Unidade da DG RTD (Comissão Europeia) Renzo Tomellini, entre muitos outros, nas sessões – a Perspectiva Ibérica, Como Podemos Trabalhar Juntos, Investigação e Desenvolvimento, e O Papel da Indústria.

Para assistir à conferência ao vivo no dia 26 de maio, às 15h00 (GMT), basta aceder ao canal do INL no Youtube.

A participação é livre.

Fontes: INL, OMS; Imagem:

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categorias: Ciência, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.