Captação de eventos corporativos e congressos internacionais tem sido uma das grandes apostas dos últimos anos

Turismo | Portugal entra no Top 10 dos destinos mundiais

Turismo | Portugal entra no Top 10 dos destinos mundiais

Pub

 

 

Portugal é o 10º país do mundo que mais recebe e organiza congressos e convenções, tendo subido uma posição desde o ano passado e mantendo o sétimo lugar a nível europeu, de acordo com o relatório da Associação Internacional de Congressos e Incentivos (ICCA) relativo a 2019.

No ranking das cidades, Lisboa destaca-se em 2º lugar mundial e europeu, tendo subido quatro posições desde o ano passado. Na região Norte Litoral, Braga é também um dos grandes destinos turísticos internacionais em Portugal, nomeadamente porque a polivalência do Altice Forum Braga veio permitir a realização de concertos, congressos, exposições, eventos desportivos, feiras, outros eventos de cariz sociocultutral, científico e educativo.

Com o objetivo de projetar a imagem do país e criar atratividade ao longo de todo o ano e ao longo de todo o território, a captação de congressos e eventos internacionais tem sido uma prioridade assumida pelo Governo.

No total, desde 2016, o programa de Captação de Eventos Corporativos e Congressos Internacionais captou 366 novos eventos para Portugal.

Em 2019, este programa captou 142 eventos e congressos internacionais em todo o país, com um investimento de 1,4 milhões de euros.

Dos 90 eventos sinalizados para 2020, e atendendo ao atual contexto, 56 deverão realizar-se entre o último semestre do ano e 1º semestre de 2021.

Fontes: Turismo de Portugal, Altice Forum Braga; Imagem: Altice Forum Braga

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categorias: Economia

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.