‘Quando o mundo reabrir queremos transportar novas ideias para o estúdio’

Música | Pedro Maia Martins entrevista os NU: ‘O que nos une é o rock’

Música | Pedro Maia Martins entrevista os NU: ‘O que nos une é o rock’

 

 

Um mês após o lançamento de “Diferentes Formas da Mesma Areia Morta” no Spotify, entretanto alargado a outras plataformas como YouTube e Bandcamp, os NU, banda rock nascida em Santo Tirso, decidiram dar-se a conhecer melhor ao público através de uma conversa com a Vila Nova Online. A entrevista coletiva foi  produzida e moderada por Pedro Maia Martins.

Os NU são André Soares (baixo), Carlos Adolfo (guitarra, saxofone e percussão), Miguel Filipe Silva (guitarra), Ricardo Coelho (bateria), Rui Pedro Almeida (voz) e Urbano Ferreira (teclados, efeitos especiais e percussão).

Pedro Maia Martins: Quem são os NU?

NU: NU é uma banda que se dedica a explorar sonoridades e a fundi-las com elementos como a imagem e a literatura como forma de transmitir uma mensagem, tanto nos trabalhos de estúdio como em performances ao vivo. Desde sempre que estas ligações multi-disciplinares existiram. Juntámo-nos, em 2016, para os ‘Concertos Púbicos‘, no bar Carpe Diem, em Santo Tirso. Os ‘Púbicos’ consistiam em juntar a comunidade que proliferava pelo bar e trazer toda aquela gente à tona. Todos os meses havia um colectivo diferente, com pessoal diferente e um mês para ensaiar e compor um concerto de vinte a trinta minutos. Alguns de nós nunca tinham tocado ao vivo sequer. Talvez por isso o pessoal se esforçasse a sério. Eram grandes noites! Os NU nascem aqui, nos ‘Púbicos’, no Carpe, da fusão de dois desses colectivos.

Desde esse início até agora, tem havido algumas alterações, na formação, até chegarmos à actual que compôs e gravou os temas do último álbum. Como colectivo, o fundamental e o que realmente merece destaque, por tão evidente que é, é o rock. É transversal e abrangente o suficiente para não nos afastarmos da realidade. Acho que todos nós frequentamos o Carpe… Era uma segunda casa. É um bar de Rock sem merdas; e foi importante pela troca de conhecimento e ideias entre amigos e pessoal mais velho que lá ia.

Pages: 1 2 3 4

Categories: Cultura

About Author

Pedro Maia Martins

Esposendense de nascimento, barcelense de criação e conimbricense por hábito. Licenciado em Jornalismo e Comunicação pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Colaborou no passado com o Jornal Universitário de Coimbra - a Cabra e com a Revista Via Latina - Ad Libitum. Foi o último editor de País e Mundo do referido jornal. Colabora neste no momento com a Vila Nova Online e a Revista Bica.

Write a Comment

Only registered users can comment.