Grupos de capacitação permanece centram atividade na promoção da inteligência emocional e de competências sociais

Ensino | ‘Programa Acompanhar’ mantém resposta de capacitação a mais de 600 crianças e jovens em Famalicão

Ensino | ‘Programa Acompanhar’ mantém resposta de capacitação a mais de 600 crianças e jovens em Famalicão

Pub

 

 

O Programa Acompanhar, programa de capacitação cidadã de grupos infantis e juvenis de Vila Nova de Famalicão, manteve a resposta de proximidade a mais de 600 crianças e jovens durante os três períodos de Estado de Emergência. Mais precisamente a 613. O projeto tem vindo a ser desenvolvido e implementado no terreno pelo Município de Famalicão, através do seu pelouro da Educação.

Logo que foi decretado o encerramento das escolas, os grupos de capacitação e os programas de tutoria individualizada e grupal foram redimensionados e passados a ser geridos à distância através de teleconferência e telefone e em mais de 20 situações, manteve-se o trabalho presencial devido à inexistência de meios de comunicação à distância funcionais.

Com o regresso do 3.º período escolar, em articulação com os Agrupamento de Escolas e Escolas Profissionais, foi possível melhorar as respostas de capacitação à distância, fruto da disponibilização de mais equipamentos informáticos e soluções de conectividade online e mantiveram-se as respostas de proximidade, nomeadamente nos contextos de maior risco de exclusão como são os Complexos de Habitação Social e alguns aglomerados populacionais do concelho mais fustigados por bolsas de pobreza.

A resposta de proximidade traduziu-se no apoio ao estudo à distância, entrega de trabalhos de casa ao domicílio, contactos semanais para averiguar a situação social e escolar, acompanhamento da situação social das famílias e encaminhamento, quando necessário, paras as entidades competentes e trabalho cooperativo com os encarregados de educação no apoio escolar e pedagógico aos filhos e educandos.

Ao nível dos grupos de capacitação, neste momento, continuam a reunir semanalmente 613 crianças e jovens com base num programa de capacitação à distância centrado nas competências sociais, formas de gerir a agenda social em tempos de pandemia, novas formas de comunicar à distância e promoção das competências de inteligência emocional. Outra parte importante passa por fazer o ponto de situação da situação escolar, sendo que nas situações de maior emergência, a gestão do processo é feita em estreita ligação com o Professor Titular, Diretor de Turma ou Direção Pedagógica da Escola.

A equipa do Programa Acompanhar, em articulação com as instituições parceiras, viu o número de horas de intervenção aumentar, fruto do número de novas respostas individualizadas a que teve de fazer face. Segundo o vereador da Educação Leonel Rocha “foi possível, apesar das circunstâncias, manter a resposta pedagógica de proximidade e de capacitação para a grande parte dos jovens do Programa Acompanhar, promovendo assim uma maior igualdade de oportunidades no acesso à educação plena e integral numa fase de tantas incertezas.”

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.