Na retoma da atividade, partidas do Porto mostram-se insuficientes face às necessidades

José Maria Costa defende mais atividade do Aeroporto Sá Carneiro

José Maria Costa defende mais atividade do Aeroporto Sá Carneiro

Pub

 

 

A TAP vai retomar a atividade – interrompida pela pandemia da Covid-19. A partir do Aeroporto Sá Carneiro, no Porto, serão disponibilizadas apenas três rotas, somente mais um voo do que o previsto para o aeroporto de Ponta Delgada, nos Açores, e número muito menor do que o previsto para Lisboa – 71. José Maria Costa, o autarca do Município de Viana do Castelo, contesta a medida por manifesta insuficiência face às necessidades, refere Roberto Bessa Moreira, no Jornal de Notícias

Face às notícias tornadas públicas sobre a reabertura do aeroporto Francisco Sá Carneiro, o autarca de Viana do Castelo, José Maria Costa, vê com muita preocupação as notícias de que a reativação do aeroporto do Porto se efetue apenas com 3 voos, pelo que vai apelar à intervenção do Governo neste matéria.

Para José Maria Costa, o Aeroporto Francisco Sá Carneiro é uma infraestrutura fundamental para as empresas do Norte do país, que têm um forte perfil exportador e que necessitam desta porta de entrada e saída para as suas atividades.

“Todos entendem os cuidados e salvaguarda na área da saúde, mas não se pode limitar desta forma tão drástica a reativação tão necessária da economia e em especial das empresas exportadoras“, sublinha, defendendo que é “urgente uma intervenção do Governo nesta matéria para inverter a tendência que a TAP quererá tomar para o aeroporto do Porto”.

Esta disparidade no número de rotas verificada nas infraestruturas aeroportuárias de Lisboa e Porto vai ao encontro de um documento elaborado pelos responsáveis da companhia aérea portuguesa que define, para este ano, uma redução de 63% dos voos com origem no Aeroporto Sá Carneiro, indica o JN. Ao longo dos últimos dias, Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, e Nuno Botelho, líder da Associação Comercial do Porto, manifestaram também a sua preocupação.

Reservas disponíveis

A Presstur, uma agência de notícias sobre viagens e turismo, tinha avançado anteriormente que a TAP “já tem nos sistemas de reservas um calendário de “desconfinamento” das suas operações entre 18 de maio e 4 de julho”. Este plano é confirmado pela routesonline, que indica que, a partir do Porto, os voos chegarão apenas a três destinos: Funchal, Londres (Inglaterra) e Paris (França). Nos próximos três meses, o Porto abrirá apenas mais uma rota com destino a Boston (Estados Unidos) e Toronto (Canadá).

Fontes: Município de Viana do Castelo, JN; Imagem: Filipe Costa

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Gratos pela sua colaboração.

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.