Plataforma de apoio aos negócios lançada pela ACIF e pelo Município de Famalicão

Consumo | ‘Comércio da Vila’ é agora loja virtual famalicense

Consumo | ‘Comércio da Vila’ é agora loja virtual famalicense

Pub

 

 

Depois de um primeiro contributo destinado a apoiar a restauração, a partir desta semana o comércio local famalicense tem uma nova montra à distância de um clique. A Associação Comercial e Industrial (ACIF) e o Município de Famalicão lançaram a plataforma online “Comércio da Vila”, uma loja virtual de promoção e venda dos produtos e serviços dos comerciantes do concelho.

Trata-se de um projeto que pretende ativar os negócios dos comerciantes famalicenses nas plataformas online. Para uma resposta imediata ao contexto atual, as redes sociais foram os canais escolhidos para responder à urgência do tecido comercial famalicense. É o início de um processo com diversas e diferentes oportunidades, mas que aponta a um futuro que já está a acontecer e em que todos os famalicenses sairão a ganhar.

“O projeto Comércio da Vila assume-se como uma iniciativa com múltiplas oportunidades para os comerciantes de todo o concelho e que aponta, desde logo, para uma estratégia de futuro, que já está a acontecer com a nova tendência de consumo de proximidade, e em que todos os famalicenses sairão a ganhar” referem Paulo Cunha e Francisco Xavier, presidentes da Câmara Municipal e da ACIF, respetivamente, na mensagem de apresentação da iniciativa enviada aos comerciantes em modo de desafio para a adesão destes ao projeto.

O projeto é aberto a todos os comerciantes de Vila Nova de Famalicão, com ou sem estabelecimento físico, sendo gratuito para todos durante 3 meses, período que se estende até aos 6 meses para os associados da ACIF.

Nesta fase de arranque, o Comércio da Vila privilegia, para já, as redes sociais, nomeadamente o Facebook, em e o Instagram, em @comerciodavila.

A adesão é muito simples: cada comerciante deverá fotografar os produtos/serviços que pretende divulgar e comercializar, compilar toda a informação (foto, descrição, preço, portes, etc…) e enviar para o email comunicacao@acif.pt, para posteriormente ser publicada nas redes sociais do projeto. Cada comerciante poderá expor até a um limite máximo de 50 produtos, com a possibilidade de introduzir novidades a cada 15 dias.

Depois de efetuada uma compra a partir do Comércio da Vila, a ACIF disponibiliza, gratuitamente, a recolha das encomendas nos estabelecimentos comerciais, colocando-as num local central onde serão recolhidas por uma transportadora para entrega ao destinatário.

Trata-de de “um desígnio que surgiu com o objetivo de resolver, parcialmente, uma emergência, introduzir um novo dinamismo e alavancar o comércio local, promovendo o empreendedorismo, o trabalho, a criatividade e a determinação”, concluem os promotores da iniciativa.

Fonte e Imagem: Município de Famalicão

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.